Embora ele tenha sido introduzido como um dos personagens mais misteriosos do universo de Fear the Walking Dead, Victor Strand rapidamente se tornou um favorito dos fãs, após um desenvolvimento feito através de flashbacks e por finalmente ter permitido-se se conectar com outros sobreviventes.

No entanto, Strand encontra-se em uma situação horrível no momento. No episódio “Pillar of Salt” da semana passada de Fear the Walking Dead, ele foi atingido no estômago com uma faca e, atualmente, encontra-se deitado na cama, na esperança de ter alguma ajuda médica.

Com o futuro incerto de Strand e um passado assombrado que continua a atormentar o personagem, o ComicBook.com conversou com o homem que carrega o fardo de trazer o papel à vida, Colman Domingo. Confira:

CB: Em primeiro lugar, a pergunta óbvia: Strand vai morrer?

Colman Domingo: Como é que deveria responder a isso? [Risos] Espero que isso apareça na televisão. Eu acho que essa questão paira no ar. Seu destino está na balança. Tudo o que sabemos é que eles receberam o medicamento que pegaram do supermercado abandonado. Esperam que ele o receba a tempo. Eu também espero, mas nós nunca saberemos.

CB: Eu também espero que sim. Até agora, Strand parece ser um cara muito compreensivo na maior parte do tempo, mas depois de algo assim, presumindo que ele pode se curar, ele vai buscar vingança?

Colman Domingo: Não dá pra saber. Acho que Strand é desse tipo de pessoa. Ele tem mudado tanto. Ele passou por poucas e boas, e agora eu acho que ele vai emergir com isso, e se ele emergir será uma pessoa diferente de alguma maneira. Acho que nós agora somos capazes de descobri-lo e podemos ver a sua origem e seu coração, mas ainda devemos nos lembrar do homem do passado, se ele se recuperar. O tipo de homem que ele pode ser. Vai ser interessante ver até onde ele vai, se ele sobreviver. Será que ele vai se vingar? Eu não sei. Sabemos um pouco mais sobre isso agora, então acho que nós conhecemos a mecânica disso totalmente. Ele pode agir de uma maneira ou de outra.

CB: Logo no início, Strand era misterioso para os personagens ao seu redor, assim como para o público. Agora, parece que ele está se abrindo para a Madison. O que foi que trouxe essas mudanças nele?

Colman Domingo: A queda da civilização. Eu acho que isso transformou todos os personagens na série. As pessoas estão indo para lugares que eles nunca imaginaram. A ideia de que Strand é um pouco mais vulnerável é apenas sorte. Você pode dizer que essa não era a pessoa que nós conhecemos na primeira temporada. Eu vou deixar por isso mesmo.

fear-the-walking-dead-2-temporada-colman-domingo-strand-poder-feminino-001

CB: De todos esses sobreviventes para quem ele parece estar se abrindo, parecia definitivamente ser Nick na primeira metade da temporada. Nesta segunda metade, de quem você acha que ele diria ser mais próximo ou quem ele colocaria à frente de si mesmo?

Colman Domingo: Eu acho que, provavelmente, seja apenas ele. Ele é mais próximo de Madison. Eu amei a cena entre Strand e Alicia porque também há um sentimento de outro nível de camaradagem, e Strand também retorna ao seu humor negro, onde ele pode ser um conforto para Alicia enquanto está completamente vulnerável e lida com um ferimento grave.

CB: Falando sobre ferimentos graves, como é que a perda de Thomas tem afetando Victor nesse momento? Ele ainda está carregando esse peso?

Colman Domingo: Eu me pergunto isso. Essa é uma dúvida que eu também tenho. Eu adorei a forma como a cena foi escrita nesse episódio, onde você vê o modo como Strand matou e a maneira como nós testemunhamos o assassinato, na sua maior parte, tem sido misericordiosa. Ele não é apenas um assassino. Nós não o vimos saindo por aí esfaqueando zumbis na cabeça. Ele está lutando por sua vida quando ele precisa, mas por outro lado, vemos a maneira como ele mata. Isso está realmente contando algo sobre o Strand de certa forma, em termos de como ele se sente a respeito da morte.

Eu acho que ele apenas está em um lugar, especialmente após a morte de Thomas, onde ele está definitivamente seguindo em frente. Ele não desistiu. Ele não simplesmente parou. Ele está continuando a seguir em frente, mas você sabe exatamente onde ele está indo? Por enquanto, não.

CB: Tem havido tanto poder feminino na série ultimamente entre Ofelia, Madison, Elena e Alicia. Você acha que as mulheres são os sobreviventes mais fortes da série?

Colman Domingo: Eu realmente acho agora. Eu acho que é muito interessante, porque isso é o que eu acho que agora é muito especial para a série em termos de homens e as posições que eles precisam tomar para se tornarem um pouco mais humanos e um pouco mais… Eles precisam tomar posicionamentos femininos, e as mulheres têm de se adaptar e tomar posicionamentos mais masculinos. Há um sistema de contrapesos acontecendo, eu acho, neste apocalipse onde as pessoas estão apenas agora emergindo como seu verdadeiro eu, que é tanto masculino quanto feminino. É uma força para ambas as coisas. As mulheres estão agora ascendendo e se tornando as verdadeiras duronas que são, como eu sei que as mulheres são. Os homens têm que ter algum trabalho para fazer e para ajudá-las a sobreviver também. Isso é o que eu acho fantástico.

Eu acho que a mais forte agora é Madison. Ela é uma mulher que realmente conhece o seu poder, e acho que Strand realmente admira isso. Achei bastante interessante o episódio de flashback, e Strand está sentado lá, nós sabíamos que tudo estava funcionando e em funcionamento em uma excelente forma neste hotel momentos antes dele ser atacado. Nós poderíamos ter tido uma visão melhor do que exatamente estava acontecendo. Parecia que ele estava rindo e se envolvendo com essas pessoas, então foi um lado diferente de Strand que eu acho que já vimos. Então, de repente, boom.

fear-the-walking-dead-2-temporada-colman-domingo-strand-poder-feminino-002

CB: Strand sabe tocar piano. Ele sabe velejar. Ele sabe enganar as pessoas. Ele é muito bom com a fala. Existem outros talentos escondidos?

Colman Domingo: Eu acho que Strand tem tantos… Você provavelmente sabe, ele é um mestre em tantas coisas que eu acho que vai continuar a surpreender as pessoas. Eu acho que há muitos outros talentos ocultos, o que é legal. Ele sabe como pilotar um avião. Você não sabe até que ele mostre o que pode fazer.

Eu não acho que ele os revela imediatamente, mas de repente, ele subitamente fala espanhol e ninguém esperava por isso. Ele é sempre o inesperado. Acho que ele sabe a maneira como se apresenta ao mundo, mas sempre tem algo na manga. Nunca se sabe. Ele poderia ser um mágico, ou fazer malabarismo. Nunca se sabe. Ele apenas não vai revelá-lo imediatamente. Você tem que conhecê-lo e ele vai deixar você descobrir.

CB: Última pergunta, sendo essa do mundo da fantasia. O que aconteceria, como é que Strand lidaria com isso, caso ele conhecesse Negan de The Walking Dead?

Colman Domingo: De uma maneira estranha, eu sinto que ele realmente se daria bem com ele. Acho que ele entende a forma como a sua mente funciona. O momento em que Negan entra e ele tem o poder, sabe manipular as mentes e sabe exatamente o que precisa fazer para afirmar seu poder e para obter o que ele precisa. Ele é mestre dessa forma, e acho que ele o veria como alguém que poderia ser muito útil para ele. Eu não acho que o enxergaria como seu inimigo. Acho que eles realmente entenderiam um ao outro, mais como primos próximos, eu acho. Eles têm a opção de usar os seus poderes para a escuridão ou para a luz, mas ambos entendem o poder que o outro tem, eu acho.

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.


Fonte: Comic Book


Comentários