Fazendo até mesmo um pequeno trocadilho com o título “We All Fall Down”, a audiência do segundo episódio da segunda temporada de Fear The Walking Dead apresentou uma pequena queda nos índices, mas ainda assim conseguiu manter a AMC em uma boa posição durante o último domingo, dia 17 de abril.

De acordo com informações do TV By The Numbers, o episódio exibido no último domingo alcançou 5.58 milhões de telespectadores no total, sendo 2.5 milhões de telespectadores entre 18-49 anos (demo). Mesmo sendo uma queda de 19% em relação ao episódio anterior, os números ainda são surpreendentes para uma série de TV a cabo.

Talking Dead: Fear conseguiu 1.9 milhões de telespectadores, sendo 0.8 na demo. Se vale comentar, a pequena queda pode ter relação com o campeonato da NBA e a maratona de The Big Bang Theory (comédia #1 nos Estados Unidos), que estavam sendo exibidos no mesmo horário do drama zumbi.

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.


Comentários

  • Rafaela

    to preocupada pq semana que vem começa GOT e a audiencia pode cair mais ainda :/

  • GFS

    Com a estréia da 6a temporada de GOT é inevitável alguma (grande) queda em FTWD. Eu não tenho AMC em casa e com o sinal liberado da HBO num feriado, certamente vou acompanhar a maratona de GOT, que gosto tanto e só comecei a acompanhar há 1 ano, ainda mais passando a 1a e 2a temporada!
    Mesmo assim, FTWD tem bastante valor, e tomara que cresça. Se não ter a base das Hqs pode tirar parte de sua qualidade, por outro lado também tem muito mais liberdade, especialmente pra explorar coisas que TWD nunca explorou nem vai explorar. Ainda pode explorar o início da queda da civilização 1 pouco mais, por exemplo, que é algo que não foi explorado por TWD.
    Já que a matéria é tua, Vinícius, e a propósito é bom te ver fazendo matérias ou postando outras aqui, te faço uma sugestão: já fiz esta sugestão mas vou reforçar – no logo da 7a temporada de TWD vós poderíeis (só pra ficar mais maneiro, utilizo vós ao invés de vocês…) colocar a Lucille em diagonal e com sangue espirrando na horizontal no topo e à esquerda da Lucille, de modo que o sangue e a Lucille formam o número 7. Que tal a idéia?
    Abraços.

  • **

    Do jeito que tá lento vai cair mais ainda, e pra completar ainda tem got.

  • **

    Poxa, bem que podiam aproveitar umas histórias da HQ nessa série, tipo a vilazinha que aquela mulher mãe dos gêmeos morre, a história da filha do Tyreese…
    Essa série tá muito zzzz

  • Felipe Vallt

    Péssimo, eu fico com sono assistindo esse seriado …

    • Fabinho Moreira

      Não veja, simples assim!

      • Felipe Vallt

        Não concordo com esse tipo de pensamento: “Não gostou, não veja mais”. Como você pode notar, são inúmeras as críticas ao seriado, não é algo pontual e nem pessoal. Na MINHA opinião, as críticas deveriam ser ouvidas para que o seriado pudesse evoluir para melhor, como em tudo nesse mundo. Abs.

  • Vinicius

    A seria é boa, mais perdeu a oportunidade de mostrar algo diferente, algo nunca visto aos olhos de Walking Dead.
    O que ferrou foi lapso de tempo entre o terceiro episodio e o quarto da primeira temporada.

    Agora é so mais uma seria de sobrevivência pos apocalipse.

    Perdeu a oportunidade de mostrar com mais detalhes a queda da humanidade. As evacuações, o inicio do combate militar, eventuais respostas do estado, mostrar de uma forma mais humana, pois não é possivel em todo este mundo que ninguem ligue a tv ou o radio para ouvir alguma noticia. A unica vez que ligou o radio foi o Nick e o Travis mandou desligar. A Tv so para ver o protesto, e mais nada. Sem cobertura de midia, sem resposta do estado nem nada. A mais a seria era para ver como esta familia reagia, Ok, fugiu ao senso comum. Até o ep 3 estava otimo, contudo não mostrou o fim da policia, e nem dos outros orgãos do estado via evecuação. Lembrando que no final do ep 3 quando o Nick ve o avião ainda é possivel ouvir sirenes da policia ao fundo. Já no quarto o mundo acabou. Quase igual ao Rick acordando, com a diferença é que ainda tinha militares. O ideal seria o Cobalt acontecer na metade da segunda temporada, pois a segunda temporada segue o mesmo ritmo da serie original, os sobreviventes buscando um refugio, com por exemplo da original o Fort benning.

  • Vinicius

    A seria é boa, mais perdeu a oportunidade de mostrar algo diferente, algo nunca visto aos olhos de Walking Dead.

    O que ferrou foi lapso de tempo entre o terceiro episodio e o quarto da primeira temporada.

    Agora é so mais uma seria de sobrevivência pos apocalipse.

    Perdeu a oportunidade de mostrar com mais detalhes a queda da humanidade. As evacuações, o inicio do combate militar, eventuais respostas do estado, mostrar de uma forma mais humana, pois não é possivel em todo este mundo que ninguem ligue a tv ou o radio para ouvir alguma noticia. A unica vez que ligou o radio foi o Nick e o Travis mandou desligar. A Tv so para ver o protesto, e mais nada. Sem cobertura de midia, sem resposta do estado nem nada. A mais a seria era para ver como esta familia reagia, Ok, fugiu ao senso comum. Até o ep 3 estava otimo, contudo não mostrou o fim da policia, e nem dos outros orgãos do estado via evecuação. Lembrando que no final do ep 3 quando o Nick ve o avião ainda é possivel ouvir sirenes da policia ao fundo. Já no quarto o mundo acabou. Quase igual ao Rick acordando, com a diferença é que ainda tinha militares. O ideal seria o Cobalt acontecer na metade da segunda temporada, pois a segunda temporada segue o mesmo ritmo da serie original, os sobreviventes buscando um refugio, acreditando ter sobrado algo, como por exemplo da original o Fort benning.

  • Shanezinho do Paraná

    Será que é só eu que to achando a série foda ? Na boa, esse segundo episódio da segunda temporada foi bem ” forte “