Post destinado a comentários do episódio “Captive” da segunda temporada de Fear the Walking Dead. Muitos spoilers poderão (e serão) encontrados por aqui. Se você ainda não assistiu e não gostaria ter as surpresas do episódio “estragadas”, não prossiga. Você foi alertado!

Este post está destinado à exposição de ideias sobre tudo o que pode estar acontecendo na série. Utilize os comentários abaixo para compartilhar conosco suas teorias.

 
SINOPSE: “Alicia trabalha para se reunir com sua família. Travis encontra um rosto familiar. Madison e Nick lideram um ataque para salvar a família contra tudo e todos.”
 
Roteiro: Carla Ching | Diretor: Craig Zisk

DISCUSSÃO DO EPISÓDIO “CAPTIVE”:

Mantendo o mesmo clima de tensão e qualidade da última semana, o quinto episódio da segunda temporada de Fear the Walking Dead, “Captive”, alavancou mais uma vez a trama, trazendo reviravoltas importantes para o desenvolvimento dos personagens, assim como da narrativa em geral, que está encaminhando a série para um clímax corajoso e brutal.

Assim como visto em “Blood in the Streets”, Alicia e Travis acabaram sendo levados como reféns pelo grupo de Jack (o amigo do rádio), enquanto Madison e os outros ficaram para trás a bordo de Abigail. Respondendo um dos principais questionamentos deixados pela última semana (“Como o grupo sabia tanto sobre os sobreviventes?”), o episódio não hesitou em explicitar a já conhecida fórmula de ação e consequência: Alex, a sobrevivente do vôo 462, ignorada anteriormente por Strand, tornou-se peça fundamental na entrega de Nick e os outros aos inimigos. Mesmo desenvolvendo bastante os personagens em todo o decorrer de seus 45 minutos, foram os decisivos momentos finais que mudaram completamente o jogo, provando de uma vez por todas que os vivos são uma ameaça maior que os mortos – e nem sempre os mocinhos se salvam da porcentagem de “caras maus” (Chris merece destaque, diga-se de passagem).

Em termos técnicos, o trabalho com a fotografia e direção continua árduo para distanciar-se de The Walking Dead, e tudo está funcionando muito bem. Como bônus, o elenco parece estar cada vez mais familiarizado com todo o universo, entregando performances sólidas, dentro de um roteiro coerente e bem estruturado.

Abrindo um leque de possibilidades para um final de meio de temporada que pode ser um tanto quanto sangrento, Fear the Walking Dead continua se solidificando como uma série que saiu do nível médio e subiu para outro acima, com uma história chamativa e bem escrita, que mostra grande potencial semana após semana.

Enfim, até o próximo episódio.

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.


Comentários

  • Mumm Rá

    Ótimo Episódio

    Tudo terminou bem para o grupo principal ( Madison/Travis/Salazar/Strand ) porque Alicia e Travis conseguiram retornar

    Salazar : Mitando novamente escutando disfarçadamente o que Flores dizia ( pelo que sei Flores não sabe que Salazar entende espanhol ) tanto que o intuito de Flores falar em espanhol com Strand foi justamente para tentar conversar ” em reservado ” porém isso não funcionou

    Além disso Reed ao retornar como zumbi Salazar ” percebeu ” antes de todo mundo que poderia aproveitar Reed ( mesmo zumbificado) e o prendeu na parede ( o que depois demostrou ser um sucesso como vou explicar á frente )

    Christopher Manawa : Embora continue chorão assassinou Reed ( embora ao fazer isso tenha atrapalhado novamente o grupo tanto que Salazar levantou as mãos á cabeça discordando de seu ato )

    Além disso pelo que observei acho que ele torturou Reed porque ele estava com um rasgado no lado de sua boca embora eu possa ter entendido errado além disso ele não o acertou na cabeça tanto que Reed voltou zumbificado

    Travis e Madison : Travis mandando ver ( deu cabeçada e tudo contra seus captores ) e Madison o ajudando e no final das contas trabalharam bem juntos

    Reed Zumbificado : Ótima cena pois Madison ao liberar Reed este estava com a cabeça tapada e Connor ao tirar o ” capuz ” se desesperou e Reed zumbificado mordeu seu braço e o pescoço de outro de seus capangas

    Por enquanto é só

    • Kleber M. Benevides

      Na moral a gente fica pensando várias coisas que possam acontecer, destinos que podem acontecer. Mas ai depois de ver o ep tudo muda. A galera pensando que o vilão surgiria e tal mas virou refeição do irmão.

    • boa análise amigo, mas vamos a alguns pontos:

      Flores pode até não saber que Daniel fala espanhol, mas algumas coisas me incomodaram nessa cena. Primeiro o fato de Flores não saber que ele fala espanhol, uma vez que Daniel tem um sotaque latino bem carregado. O segundo ponto e até mais absurdo foi o Strand falar em espanhol na frente do Daniel se o próprio Strand sabe que o Daniel fala espanhol.

      Chris é um dos poucos ali que está realmente vivenciando essa nova realidade, mas o desenvolvimento dele parece estar o encaminhando para um lado negativo, as chances dele ficar louco e sucumbir a isso são muito maiores do que ele se tornar um personagem “badaas” e querido na série.
      OBS: Também me questionei se ouve tortura por parte do Chris mas ele não está sujo de sangue, nem nas mãos e nem na roupa e como sabemos um ferimento daqueles causa bastante sangramento que de alguma forma sujaria o Chris.

      Pela forma como vinham apresentando os vilões eu tinha a impressão que o grupo deles era bem maior e bem organizado, mas pelo que foi visto tinha apenas umas 5 pessoas ali (a grávida, o “namorado” da Alysia, o líder do grupo e dois capangas aleatórios na hora da troca).

      Gostei da sacada do Daniel, mas achei desnecessário aquela briga toda no porto, Madison estava com uma arma na mão podia ter matado os caras e se certificado de que o problema estava resolvido (mas é compreensível, ela pode não querer matar ninguém, ou se caso tenha mais pessoas que aquelas 5, um tiro chamaria muita atenção)

      Não gostei com o que fizeram com a Alex, coloca-la como “inimiga” dos protagonistas não foi algo legal, preferia que elas estivesse do lado deles.

      No geral um bom episódio, se pudesse dar uma nota daria 7/10

      OBS: Por favor afundem a Abigail e forcem eles a ficar em terra firme não aguento mais ver o mar kkk

      • Mumm Rá

        Ouriço Gamer eu fiz esse comentário baseado somente no que vi ( vi apenas as cenas e sem som ) e eu costumo esperar sair o legendado para postar meus comentários porém decidir fazer uma experiência de comentar somente com informações visuais

        Agradeço pelo elogio e a seguir meu comentário final

        Particularmente achei o episódio ótimo embora achei algumas cenas ” toscas ” mas com alguma ” razão e lógica ” além da interpretação digamos pífia de Alicia e de alguns que contracenaram com ela

        Cenas da Alicia e Jack : Achei muito mimizento e maçante as cenas destes dois e convenhamos Jack além de ” carente ” é ” fraco ” porque não conseguiu agarrar a Alicia inclusive ela se soltando e só faltava Jake pedir colo para ela e para piorar no final Alicia ficou olhando para Jack com aquela ” carinha ” de tristeza ( ora bolas depois de tudo ainda possuir algum sentimento amoroso pelo Jack é FODA )

        Cenas da Alicia e Grávida invasora : ” Eta ” grávida chata e além de irritante bancando a ” fodônica ” e como não bastasse pegar o Bife de Omaha da Alicia reclamou que ela fez a cabeça do Jack e ao tentar encurralar Alicia foi derrotada de forma ridicula ( embora lembremos que ela está grávida portanto sem muitas condições de confronto )

        Cena Solo da Alicia : Quando ela escorrega do navio e cai na água achei forçado em virtude da altura em que estava

        Cena da troca de reféns : Vi muita gente reclamando ( num outro fórum ) e embora concorde em partes por ter sido ” forçada ” devemos lembrar dos seguintes pontos :

        1 ) Quando a negociação foi feita todos julgavam que Reed estava vivo tanto que todos se surpreenderam com o barulho do tiro disparado por Chris

        2 ) Portanto não havia como ser de outra forma ou em outras palavras com outro
        refém até porque o único refém que existia era o próprio Reed além disso o trato já havia sido feito

        3 ) Caso fosse alguma pessoa do grupo Madison/Travis/Salazar/Strand disfarçada
        de Reed existia o risco de ocorrer novos problemas e no fim das contas Madison,
        Travis, Alicia ( caso estivesse junto ) e o tal membro disfarçado de Reed serem mortos ( tanto que Madison não queria que fossem todos no resgate )

        4 ) Não poderiam falar a verdade sobre Reed porque caso isso fosse feito não haveria como ocorrer a troca de reféns e a tentativa de resgatar Alicia e Travis não teria como ocorrer ( tanto que mentiram sobre o estado do Reed para tentar proseguir com o plano da troca de reféns e resgate )

        Concordo que foi forçado dada a periculosidade do Reed zumbificado ( mesmo com o ” saco ” na cabeça ) além da não percepção de Connor porém como já dito antes não haveria outra forma de prosseguir com o resgate além disso o que ocorreu depois achei maneiro como Connor tendo seu braço mordido e um de seus capangas tendo seu pescoço mordido ( apenas minha opinião )

        Nick : Embora tenha sido ” sossegado ” nesse episódio mostrou além de desenvoltura ( ao revelar para sua mãe que se ofereceu para procurar Flores e se oferecendo para levar Reed zumbificado até o local dos invasores ) demostrou também inteligência emocional ao falar com Chris para ele não ficar afetado pelo fato de ter deixado os invasores adentrarem no barco e tentar amenizar o ” papo triste ” de Ofélia ( embora esse papo fosse realista )

        Alexis ( ou Charlie originalmente ) : Sinceramente eu havia gostado dela e torcia para que retornasse porque possuia desenvoltura e conhecimento acerca dos zumbis porém mudei radicalmente de idéia porque se revelou uma completa hipócrita : Mentindo aos invasores sobre o grupo Madison/Travis/Salazar/Strand além disso culpou o fato de estarem no bote além da morte de Jake á Travis sendo que na verdade a culpa de tudo que ocorreu com Jake é justamente dela porque havia usurpado o lugar da mãe do Jake para que pudesse fugir de Los Angeles

        Ofélia : Voltando parcialmente á ” não feder nem cheirar ” embora foi interessante o desconforto dela diante de seu pai ( como já visto em vários episódios da série desde a temporada passada ela está incomodada por descobrir a real faceta de seu pai ) além disso foi muito perpiscaz ao comentar com seu pai que Chris deveria estar em outro local ( ela também já percebeu a instabilidade emocional do Chris ) e também cada vez mais percebe o tipo de mundo que estão vivendo ( como visto com seu papo triste com Nick )

        Salazar : Como sempre mitando ( velho de guerra sabem como é ne ? ) e achei interessante quatro momentos em relação á ele :

        1 ) Ignorando a valentia de Reed e ” cuidando ” deste e simplesmente ” acabou ” com Reed ao dizer que as pessoas mais ameaçadores que ele conheceu não diziam ser ameaçadoras portanto pondo por terra a vilania desmedida e desvairada de Reed

        2 ) Foi perpiscaz ao ver Reed zumbificado e tentar o preservar ( o prendendo contra a parede ) para que continuasse a ser ” peça de troca ” dos reféns inclusive mentindo para Connor ao dizer que estava ” meio mal ” ( até porque Reed já havia zumbificado )

        3 ) Prestando atenção na conversa entre Strand e Flores porque pelo visto ( posso estar enganado ) Flores tentou uma ” conversa privada ” com Strand falando em espanhol pensando que os outros não entendiam este idioma porém não sabia que Salazar entende esse idioma ( Salazar, Ofélia e a falecida Grizelda são salvadorenhos )

        4 ) Salazar deu sinais de desgaste mental porque passou á ouvir vozes

        Casal Madison/Travis : Travis mandando ver ( deu cabeçada e tudo mais contra seus captores ) além da Madison o ajudando e no final das contas trabalharam bem juntos além disso achei interessante que ambos neste episódio transpareceram sentimentos afetivos de temor e culpa em relação aos filhos ” adotivos ” e biológicos

        Filhos ” adotivos ” : Madison dando um ombro amigo para Chris e Travis implorando para Alicia caso tivesse uma chance que deveria ir embora e não se preocupar com ele

        Filhos Biológicos : Como visto no diálogo entre Alex/Charlie e Travis além do diálogo entre Madison e seu filho Nick e também de Madison com Strand

        Chris : Novamente sendo um fardo para o grupo porque novamente desobedeceu Salazar ( sendo que Salazar havia percebido que Reed tentava desestabilizar emocionalmente Chris á todo custo como visto em vários momentos deste episódio ), cedendo á provocação do Reed e também atirando nele ( inclusive errando porque não atingiu o cérebro e quase causando sérios problemas como visto ao Reed retornando zumbificado perto de Ofélia e Nick ) além de sua IMENSA imaturidade ( como visto ao indagar Salazar por não ter reagido ás provocações de Reed )

        Alicia : Novamente numa situação dramática e de perigo se porta que nem uma ” diva ” toda pomposa e tal

        • Concordo plenamente.
          Sobre a cena da troca, não tinha como ser feito de outra forma mesmo. Se o Chris não tivesse matado o cara ai tudo bem, mas depois que ele vira zumbi a solução usada foi bem feita. Foi um bom episódio, mas ainda precisam acertar o ritmo, o começo foi muito parado.
          Outra coisa que precisam urgentemente fazer é dar um fim ao barco e introduzir mais personagens, como 90% das pessoas do barco são família, existe pouco espaços para conflitos realmente sérios ali. O que mais vemos é alguns problemas de concordância ou birras adolescentes, está faltando um antagonista na trama, alguém que faça o clima ficar tenso e faça com que o grupo acorde pra realidade. Afinal, por mais que eles já estejam se habituando ao apocalipse zumbi eles não passaram por uma situação extrema de aperto ainda, no mar, tudo parece muito perfeito se comparado ao inferno que deve estar sendo pra pessoas que estão nos centros das cidades.
          A série está indo bem, a cada episódio vem evoluindo, mas está faltando um BOOM, algo que faça a galera do barco acordar de vez pra realidade.

        • Jdoug

          Discordo só da Alex, quando ela comprou a passagem ela não sabia da historia, depoois q ficou sabendo, não vejo essa hipócrita, e outra ela queria ver a cara do Travis, não pensava em matar ele, e teoricamente se tudo desse certo, Travis teria ficado vivo, meio q a Alex teria salvo ele… mas enfim, ainda acho q de alguma forma, ela vai voltar… achei bem Meh essa participação dela, ainda mais o fator q ela já deve ter fugido, pois ela sumiu depois da conversa, creio q vai msm aparecer

          e essa frase….
          “Ele disse que pode me usar. Ninguém me usa.”

      • Mumm Rá

        Algumas observações :

        ” O segundo ponto e até mais absurdo foi o Strand falar em espanhol na frente do Daniel se o próprio Strand sabe que o Daniel fala espanhol. ”

        Strand não comentou nada com Flores porque Strand estava ” concordando ” com Madison e não estava ” concordando ” com Flores por isso resolver deixar tal situação ” quieto ” e não revelando para Flores que não adiantava falar em espanhol porque Daniel também sabia espanhol

        ” Também me questionei se ouve tortura por parte do Chris mas ele não está sujo de sangue, nem nas mãos e nem na roupa e como sabemos um ferimento daqueles causa bastante sangramento que de alguma forma sujaria o Chris. ”

        Eu inclusive escrevi que poderia estar errado porque também não tinha certeza que houve tortura além disso bem lembrado o que escreveu

        ” Não gostei com o que fizeram com a Alex, coloca-la como “inimiga” dos protagonistas não foi algo legal, preferia que elas estivesse do lado deles. ”

        Também não gostei porque queria que ela continuasse além disso a transformaram numa hipócrita

        • Karine

          Eu acredito que o “machucado” no rosto do Reed, era resultado do tiro que Chris deu (que como não acertou o cérebro, não impediu a transformação)… Mas é tudo baseado no mais puro achismo.