Post destinado a comentários do episódio “Sicut Cervus” da segunda temporada de Fear the Walking Dead. Muitos spoilers poderão (e serão) encontrados por aqui. Se você ainda não assistiu e não gostaria ter as surpresas do episódio “estragadas”, não prossiga. Você foi alertado!

Este post está destinado à exposição de ideias sobre tudo o que pode estar acontecendo na série. Utilize os comentários abaixo para compartilhar conosco suas teorias.

 
SINOPSE: “Conflitos surgem chegando perto do destino de Strand. Chris faz uma decisão que balança a família. Nick encontra uma nova figura maternal.”
 
Roteiro: Brian Buckner | Diretor: Kate Dennis

DISCUSSÃO DO EPISÓDIO “SICUT CERVUS”:

Facilmente entre os episódios mais decisivos da série até agora, “Sicut Servus”, sexto capítulo da segunda temporada de Fear the Walking Dead, serviu para preparar todo o terreno de um midseason finale que promete ser explosivo.

Antes de tudo, aproveito para dizer que achei deste um dos mais bem conduzidos episódios até aqui (em termos técnicos), então já gostaria de começar parabenizando a direção de Kate Deniss. Seguindo, a ideia de não esperar até a próxima semana para entregar Abigail e os sobreviventes já é o primeiro grande acerto, dedicando os minutos antes disso para apresentar a atual situação do local (a sequência envolvendo os fieis e o padre foi digna de uma produção de terror) e do já conhecido Thomas (o “interesse amoroso” de Strand).

Como já comentado anteriormente em uma review aqui do site, a inteligência dos personagens em relação aos eventos (e os walkers, principalmente) chega a ser quase risível em relação ao grupo de Rick Grimes neste mesmo período na série original – a “batalha” só com armas brancas contra a horda na cidade é uma prova disso.

Em relação ao desenvolvimento de relações e perfis, Daniel e Nick continuam recebendo uma coerente recepção do roteiro, que até mesmo opta por inteligentes recursos de flashback para responder questões (ou criar novas) sobre as consequências no “agora”.

Individualmente, Chris continua a gerar novas dúvidas em relação ao seu comportamento, já que sinto estar vendo o crescimento de um psicopata dentro do grupo – se me permitem arriscar, é minha aposta de morte para o fim da temporada (se bem arquitetado).

Após o tiro (literalmente) que foi o terceiro ato, vale apenas chegar a conclusão de que Fear the Walking Dead está seguindo seu plano sozinha, e que não precisa mais ser lembrada como uma sombra da série original. Há um bom material a ser trabalhado, então as expectativas estão em alta. Que o próximo domingo chegue logo!

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.


Comentários

  • tvs –

    Chris tá maluco e aquela Celia tá igual o Hershel guardando os mortos em uma gaiola, só que ela tem um ar mais de psicopata… enfim, gostei que o Strand desistiu de morrer… sinto que a velha não vai gostar nada disso…

  • Cris Tina

    Spoiler…………………………..quem não assistiu não leia…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….
    Acredito que Strend vai querer tomar o lugar, já que ele ja sabe quem é realmente a Celia , e a mesma não gosta dele. Não acho que ele queria morrer, apenas manipulou toda a situação para deixar Thomas tranquilo e enganar Celia.
    Só quero ver o que vai acontecer depois disso, vai haver um confronto (lógico) , só que acho que Celia não é nada boba, ela fingiu acreditar no Strend, enfim só teorias.
    Chris—-> tava até gostando do desenvolvimento dele, mas cagou tudo quando atirou no cara do barco, quase deixa a madrasta morrer e ameaçou a Alicia (que ele gostava tanto) ta merecendo uma sovas do pai(Travis), que aliás não ta fazendo nada de útil, espero que isso mude, mas geralmente quando um cara( bonzinho muda , é drástico fica mau demais (só acho)

    • ‘Stang67

      O Chris já era, vai matar alguém logo logo se não for pego.

  • moyses sousa

    Cara, eu tô gostando pra caramba dessa segunda temporada, ela tá sendo bem mais trabalhada que a primeira, até os personagens que eram chatos no primeiro ano da série por causa da atuação dos atores e atrizes tão ficando legais, a Alicia Clark era a quem eu mais achava chata e sem carisma, agora ela é uma da minha personagens favoritas na série.

  • Mumm Rá

    Ótimo episódio e com uma temática bem interesante : Religiosidade

    A cena inicial do episódio com o Padre dizendo os zumbis poderia ser manifestação sobrenatural foi muito interessante porque como visto no TWD Hershel achava que os zumbis eram doenças porém depois foi observado também que Hershel considerava que os zumbis poderiam ser algo sobrenatural porque ele mesmo citou uma passagem bíblica do qual os mortos voltariam a andar sobre a Terra ( embora haja diferença da visão do Padre e do Hershel porque no caso do Padre achava que aquilo era algo maléfico e contrário á fé das pessoas enquanto que Hershel achava que aquilo seria ” benigno ” por que se tratava do cumprimento de uma profecia bíblica ) além disso Celia dizendo que não são ” mortos ” foi interessante porque a cultura mexicana possui uma visão ” diferenciada ” acerca dos mortos ( inclusive existindo o Dia Dos Mortos ) e outro aspecto interessante foi sua fala dirigida ao Nick e explicando o que são zumbis e perguntando á Salazar se Flores foi esfaqueado na cabeça porque caso não ele ainda está ” vivo ” em sua passagem na Terra ( daí o motivo de exisitir aqueles zumbis guardados porque ela pelo jeito não os considera como ” mortos propriamente ditos ” )

    OBSERVAÇÃO : Não possuo conhecimento teológico portanto posso estar enganado acerca do que eu escrevi

    Somente achei a cena do pessoal matando os zumbis forçada porque embora já tenham feito isso antes foi ” fácil ” demais além disso esses zumbis ” fresquinhos ” estavam muito lentos porém achei sensacional a aparição de várias crianças zumbis além do Salazar simplesmente ” travar ” ao ver e ter que matar uma criança ( ele já fez isso no passado porém com uma criança viva )

    Celia e Flores : Confesso que fiquei triste pelo Flores porque achava que ele iria continuar na série ( inclusive substituindo Salazar porque como já havia dito antes quando vi Flores eu pensei estar vendo uma versão mais jovem e ” descolada ” do Salazar ) mas infelizmente morreu e Célia na minha opinião será uma perigosa vilã e é de um ” cinismo ” incrível e para piorar alicerçada numa crença geral daqueles que vivem no local ( excetuando o grupo Madison/Travis/Salazar/Strand )

    Salazar e Ofélia : Pudemos ver neste episódio um ” carinho e aproximação ” maior entre Ofélia e Salazar por causa da preocupção dela com seu pai além de podermos ver ela mais em ação e ” solta ”
    e Salazar como sempre perpiscaz e já percebendo a intenção de Célia mas infelizmente cada vez mais está dando sinais de desgaste emocional e mental ( como visto ao se lembrar dos seus atos ruins do passado )

    Apenas uma observação fora do tópico : Como é linda essa Mercedes Masohn hein ??????????????

    Nick : Como sempre voluntarioso embora esteja cansado de tanta matança principalmente depois de matar uma criança e essa cena onde ele se desespera e agonia internamente ao ver uma criança zumbi e tendo que matar foi sensacional além do lembrar de seu passado quando viciado ( ao lembrar da Glória ) que também foi sensacional

    Madison e Travis : Novamente a tônica de seus conflitos ( e vidas ) sendo seus filhos com Travis cada vez mais desesperado por causa do comportamento do Chris e Madison apavorada com a revelação da Alicia sobre Chris além da aproximação de Nick com Célia e depois da conversa nada amistosa entre Madison e Travis acho que pode encerrar ou no mínimo abalar seriamente o relacionamento destes dois ( Travis se sentiu ” traído ” por Madison ao ela ” recusar ” ajudar Chris porque como ele mesmo disse ajudou Nick em vários momentos além de considerar Alicia como sua filha porém percebeu que Madison talvez não esteja tão disposta a ser maternal com Chris )

    Alicia : Novamente com uma postura ” depressiva ” e pelo jeito ” sacou ” as segundas intençoes de Chris

    Strand e Thomas : Espetacular as cenas destes dois com uma forte base emocional e muito legal os diálogos entre os dois denotando uma cumplicidade e respeitabilidade ímpar e a cena que mais gostei ( e achei extremamente bem sacada ) foi quando Strand pergunta á Thomas se o poderia levar para sua cama ( uma analogia ao primeiro encontro deles embora as situações e emoções destes fossem muito diferentes )

    Chris : Muitos estão dizendo que ele está em crise porém acho que ele está aflorando seu lado malefico porque ele sabe o que está fazendo porém finge não saber

    1 ) Quando matou Reed ele disse que o fez porque ele ia se transformar porém ele errou o tiro ( e ele já sabe como matar zumbis ) portanto ele o matou por raiva e ” descontrole ”

    2 ) Reclamou do que Madison disse ( alías o que todo mundo estápensando ) que ele o matou de forma vingativa porém além de mentir sobre o ato tentou criar intriga entre Travis e Madison ao falar que ela acreditara nele

    3 ) Ficou olhando Madison atacada por um zumbi e nada fez apenas ficou olhando esperando ela ser mordida ( pura vingança )

    4 ) Ameaçou Alicia e para piorar foi no quarto das duas e pegou uma faca e se não fosse o tiro do Strand no Thomas ( que acordou todo mundo ) acho que Chris teria tentado matar as duas

    Isso é apenas minha opinião e posso estar errado porque Chris pode estar ficando ” maluco ‘ porém já há um bom tempo ele vem se comportando de forma birrenta em relação á Madison

    • Camila Ribeiro

      Muito bom!

      Acho que as pessoas não estão dando o devido valor nessa série que pode ser capaz de mostrar como cresce um vilão a partir de uma pessoa “normal”… e como é diferente para cada grupo a reação do que está acontecendo e de como isso é bem maior do que todos pensam, como da pra perceber no próximo ep pode ter doenças misteriosas aparecendo como o rosto da ofélia e uma analogia dos sussurradores com o nick se viciando em ficar no meio dos walkers!

  • Amarildo

    ta ficando otimo tomara que continue assim e só melhore

  • Marcos

    Realmente não tá nada parecido com The Walking Dead, e muito raramente eu vejo alguém falando que é The Walking Dead 2. Morderam a língua.

  • Tainã Domingues

    Achei muito bom esse sexto episódio. A fotografia e o enredo foram ótimos e acrescentaram ainda mais para o desenrolar dessa primeira metade da temporada e no desenvolvimento dos personagens. Finalmente vimos o grupo chegando em Baja, estava curioso pra saber como estariam as coisas por lá e fiquei bastante surpreso. O cenário é lindo e o povo é doido. kkkk

    Aquele começo, com o pessoal dentro da igreja foi muito interessante, não esperava por aquelas “mortes coletivas”. Tivemos diversas crianças infectadas nesse episódio e foi outra coisa que me surpreendeu positivamente, em The Walking Dead raramente elas aparecem e quando dão as caras, nunca tem mais do que uma. É como se as crianças/pré-adolescentes fossem completamente devorados pelos walkers. Achei a Celia uma personagem incrível, mesmo sabendo que é uma potencial vilã, ela consegue ser macabra e encantadora ao mesmo tempo ( Como na parte onde ela conversa com o Nick na cozinha e também quando canta para o Thomas). E isso é algo intrigante. Na minha opinião esse é o melhor tipo de vilão.

    Fiquei com pena do Luis e do Thomas, pensei que eles durariam mais na série. Pelo pouco tempo de tela que tiveram, conseguiram me cativar bastante.

    Sobre o desenvolvimento do Chris, andei analisando alguns fatos e com base em alguns comentários, creio que fomos induzidos a acreditar em algo que não condiz com a realidade exata. Acho que ele ficou de cara pela Madison ter “dedurado” ele para o Travis, mas ao mesmo tempo, imagino que ele possa mesmo ter “congelado” quando ela estava sendo atacada. Na parte onde temos a impressão de que a Alicia foi ameaçada por ele, se repararmos melhor nas expressões do personagem, parece que ele realmente não está entendendo sobre o que ela quer dizer. Ele até cita que a Madison é como uma mãe pra ele. E na parte que ele diz que não quer machucar ninguém, eu realmente acho que ele queria dizer que não queria machucar ninguém do grupo (ao invés de ser uma ameaça, como muitos interpretaram, e até mesmo eu na primeira vez que assisti).

    Sobre a cena do quarto, penso que ele foi até lá para se desculpar (depois de muito refletir sobre o assunto), só se ferrou mesmo pq deu o acaso das duas acordarem com o barulho do disparo e ver ele com a faca na mão. Afinal, se fosse lá pra matar elas, iria levar alguma arma e não “adivinhar” que elas teriam algo sobre a cômoda que ele pudesse usar para fazer o serviço. Quando alguém está com essa intenção na cabeça vai preparado e não de mãos abanando. Tanto que dá pra ver na cara dele, ele fica todo assustado quando a Alicia começa a gritar. Foi apenas uma infeliz coincidência na minha opinião. Só quero ver o que vai dar de toda essa treta.

    A cena do diálogo entre a Madison e o Travis foi a melhor interação entre os dois nessa temporada. Quando ele pede ajuda pra ela e diz que esteve lá durante as crises do Nick, eu concordei muito com ele, claro que o Nick não machucava ninguém além dele mesmo, mas talvez essa seja a vez dela ajudar a tirar o Chris do fundo do poço.

    Também to “Shippando” Nick e Ofelia. Achei a cena dos dois bem bacana.

    Toda aquela analogia envolvendo a coruja e os flashbacks também acrescentaram bastante na trama. A cultura mexicana é rica em crenças e espero que eles explorem isso mais a fundo. Espero que não tenhamos só esse e o próximo episódio na casa e naquela região.

    Novamente, Salazar e Strand com plots muito interessantes. A descoberta dos walkers na adega feita pelo Daniel vai dar merda ou vai dar merda? To ansioso! Fear ta conseguindo se virar e to gostando dela tanto quanto da série principal (embora nem todos os personagens de Fear sejam tão cativantes).

    Uma última coisa, aquele ator que fez o Reed no episódio passado era muito bom, na minha opinião, é um dos melhores que apareceu na série até então.

    Enfim, desculpem o textão, mas como fiquei sem comentar sobre o episódio 5, achei que deveria fazer algo mais completo e detalhado sobre o 6º.

    • GFS

      Bom dia, Tainã.
      Bons argumentos os teus, concordo com quase todos. Assisti só ontem, por isso só agora comento.
      Faz sentido a maioria das coisas que tu afrimas sobre o Cris, creio que no mínimo ele está balançando, virando 1 tipo de vilão ou psicopata, mas ainda se importa com os outros e tá muito confuso, podendo tanto cometer mais uma bobagem, mas das grandes, ou parar 1 pouco com seu comportamento confuso/vilanesco.
      Ele está quase que gostando de matar, mas há conflito nele, não está sabendo diferenciar as coisas.
      Quanto à morte dos habitantes e do padre no começo, queria comentar o que percebi e por incrível que pareça não vi pessoa alguma ter percebido o mesmo.
      As pessoas morreram não porque estavam infectadas ou aodeceram, elas foram envenenadas pela Célia.
      Percebam que ela faz hóstias e oferece pro Strand e pro Thomas comerem e morrerem juntos. O Thomas Abigail está doente porque foi mordido ou arranhado mais provavelmente. Perceba(m) o detalhe do ferimento no braço dele. Célia oferece as hóstias envenenadas para eles passarem para o que ela pensa ser 1 novo estágio de vida. Lembrem-se como sangravam os olhos dos habitantes do vilarejo e todos comeram as hóstias: aquilo foi 1 sintoma de envenenamento, não de infecção zumbi ou adoecimento. Há venenos que causam sangramento nos olhos, não lembro quais especificamente, mas há. Quem assiste GOT também pode lembrar do que ocorreu com o Joffrey quando ele foi envenenado.

      Saudações.

      • Tainã Domingues

        Sim, essa parte do envenenamento ficou bem clara pra mim. É que era tanta coisa que eu acabei não comentando sobre o assunto. O principal que eu queria comentar era sobre o Chris mesmo, mas talvez eu esteja levemente enganado sobre isso, se for levar em consideração os spoilers do próximo episódio. De qualquer maneira, espero que tudo dê certo e ele consiga voltar a si. Ele se tornou um dos meus personagens favoritos da série e é triste ver algumas pessoas sucumbirem à esse novo mundo, ainda mais depois tantos traumas que ele passou tendo apenas 16 anos. Espero que seja reversível assim como foi com tantos outros personagens em The Walking Dead (Rick, Morgan e etc que conseguiram se livrar da “loucura”)

  • Jumbonium

    Está muito irregular essa série, num episódio o personagem é forte, no outro começa a bater pino sem que tenha havido nada de diferente do “normal”. Num episódio o personagem é tapado, no outro tem uma sensibilidade ímpar. Os únicos que apresentam alguma consistência, no sentido de parecerem razoáveis ao que já foi mostrado, são Daniel, Chris, Mercedes, Madison e Travis, sendo que Mercedes ficou boa por milagre e Daniel deu uma surtada mas sarou rápido. Nick “cansado de mortes” depois de se lambuzar com o conteúdo intestinal de zumbis por duas vezes, fazendo graça (aham).
    Episódio que poderia ser bom estragado pelas resoluções que os roteiristas empurraram com a barriga, comparando com a segunda temporada de TWD, onde eles encontram a fazenda, está bem inferior. A morte de vários personagens no acampamento ainda na primeira temporada, a busca por Sofia, a integração do marginal Daryl ao grupo (sendo que haviam dois policiais), o embate entre Rick e Shane e o alívio ilusório do encontro da fazenda nem se comparam com esse samba do crioulo doido de FTWD, que não está chegando a lugar nenhum. Apresentam um plot (como o do avião e desse spa) pra depois jogarem fora ou mostrarem uma idéia requentada (uma fazenda cuja dona guarda zumbis, onde já vimos isso?). Infelizmente a série ainda não se achou, a história não amadurece. Vão ter de tirar os dois roteiristas “jovens e antenados” e colocar o Kirkman pra escrever essa série.

    Trivia: o lugar é muito parecido com o interior de SP.

  • Celso Rodrigues

    Gostei deste blog. Muito bem conduzido. E pelos comentários inteligentes que li, é muito bem frequentado. Gostei mesmo e vou acompanhar deste hoje.
    Bom, sobre a série. Estou gostando mais desta do que da principal. Tem mais novidades e oferece a possibilidade de mais explicações sobre como tudo começou.
    Parabéns pelo bom nível do blog.