Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do décimo terceiro episódio, S02E13 – “Date of Death”, da segunda temporada de Fear the Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Estamos a caminho do final da segunda temporada de Fear the Walking Dead, com o episódio 13, “Date of Death”, retomando imediatamente após a decisão de Madison de acender o luminoso do hotel.

O episódio também respondeu algumas grandes questões quando se aprofundou nos últimos dias da jornada de Travis e Chris, incluindo como a dupla acabou se separando (spoiler: Chris é doido das ideias). Ofelia, Nick e Luciana estavam ausentes neste episódio, e talvez a falta de ação tenha a ver com isso, porque o episódio 13 definitivamente teve uma sensação de episódio intermediário. Mas com o final de temporada suculento que teremos na próxima semana, com dois episódios, não há dúvida de que teremos ação, e muita.

Mas mesmo tendo sido um episódio mais tranquilo, havia muita coisa acontecendo. Então dê uma olhada nas cinco coisas que você (talvez) tenha perdido no episódio 13 da segunda temporada de Fear the Walking Dead, “Date of Death”.

1. Nós descobrimos o que aconteceu com Chris, e foi mais ou menos o esperado

fear-the-walking-dead-s02e13-date-of-death-curiosidades-001

Na semana passada parecia bem provável que Chris tivesse abandonado seu pai, Travis, pelos seus novos companheiros, e nesta semana confirmaram que foi exatamente isso que aconteceu. No entanto, foi ainda pior do que o imaginado, quando descobrimos que os novos amigos de Chris assassinaram seu amigo James depois que ele foi ferido pelo dono da fazenda no episódio 10.

Se por um lado esse tipo de comportamento pode ter sido visto por Chris como necessário para a sobrevivência, Travis não estava 100% de acordo com a ideia, e mesmo com o coração partido por ver aquilo em que seu filho se tornou, ele não tinha mais condições de continuar ao seu lado. Foi um momento verdadeiramente triste quando Travis finalmente percebeu que não poderia impedir seu único filho de partir, e ainda mais triste quando ele obviamente se culpou pela mudança do filho, dizendo a Madison que ele havia sido um menino doce quando mais novo.

Enquanto isso…

2. Chris não está morto… ainda

fear-the-walking-dead-s02e13-date-of-death-curiosidades-002

A parte realmente surpreendente do episódio foi quando os irmãos apareceram depois nos portões do hotel. E por mais que nós fôssemos levados a crer que o grupo havia de alguma forma se separado de Chris, eu definitivamente notei alguém muito parecido com o adolescente problemático no segundo plano. O que vocês acham?

É difícil de ver, mas definitivamente tem alguém com cabelo na altura dos ombros atrás dos irmãos.

Mas ainda que pareça que Chris e o grupo tenham chegado até o hotel (apesar de estarem se dirigindo para os EUA na última vez que os vimos), eu ainda acho que semana que vem será a última aparição de Chris. Esta temporada inteira foi preparando o terreno para que algo grande acontecesse com ele, desde que ele começou a dar sinais de insanidade na primeira metade da temporada. Sem mencionar que Lorenzo James Henrie, o ator que interpreta Chris, recentemente conseguiu um papel em Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. Então levando isso em consideração, muitos estão especulando que Chris será a grande morte do final de temporada. O que você acha, chegou a hora do Chris louco?

3. O acampamento temporário dos sobreviventes no estacionamento terá terríveis consequências

fear-the-walking-dead-s02e13-date-of-death-curiosidades-003

Depois do momento de estupidez que Madison teve na semana passada, um grupo considerável está se encaminhando para o hotel à procura de um refúgio seguro. É compreensível que os sobreviventes quisessem um lugar seguro, mas também era compreensível que os residentes do hotel os recusassem – mesmo com as plantações, seu estoque atual de comida se esgotaria rapidamente se um grupo tão grande se unisse a eles.

No final, Andrés e mais alguns sobreviventes fizeram um acampamento improvisado no estacionamento subterrâneo para o grupo, incapazes de abandona-los completamente no frio. Por enquanto pode parecer que o grupo é composto principalmente por pessoas inofensivas, doentes e feridas, mas o fato de que Andrés mencionou que havia 43 sobreviventes me deixou um pouco apreensivo. Em 43, os novos sobreviventes são certamente mais numerosos do que os que já estão no hotel, o que significa que se eles decidirem se revoltar, e fizerem isso de forma inteligente, eles provavelmente conseguiriam dominar o grupo. Ou, alternativamente, se um membro dos sobreviventes morresse, não demoraria para que o grupo se tornasse uma horda de zumbis, colocando em perigo aqueles que estão confinados dentro da propriedade do hotel.

4. Havia uma bela referência ao piloto

fear-the-walking-dead-s02e13-date-of-death-curiosidades-004

O episódio 13 não teve muita ação, mas fez uma referência bacana ao primeiro episódio da primeira temporada, quando finalmente vimos Alicia falando em espanhol com um dos sobreviventes que ela estava examinando.

Se você achou estranho que Alicia de repente se tornou fluente em espanhol, é compreensível. Mas as habilidades linguísticas de Alicia já haviam sido mencionadas por seu namorado, Matt, no episódio piloto, quando ele falou “você sabe que poderia provavelmente estar dando essa aula?” depois que pega ela matando a aula de espanhol. Foi um pequeno momento no episódio, mas legal de ver a série voltar para algo que eles mencionaram tão no começo.

5. Madison finalmente contou a Alicia a verdade sobre a morte de seu pai

fear-the-walking-dead-s02e13-date-of-death-curiosidades-005

No episódio 8 da segunda temporada nós soubemos da morte do pai de Nick e Alicia, e pouco depois descobrimos que Madison estava mantendo alguns detalhes sobre a morte de seu marido em segredo para proteger Nick. Mas finalmente no episódio 13 Madison confessou a verdade e contou a Alicia que a morte de seu pai não foi um acidente, e sim um suicídio. A notícia foi obviamente um choque para Alicia, mas também gerou um bom momento para que a dupla tornasse o ar mais leve. Alicia estava prestes a falar sobre seus sentimentos de abandono pela mãe, e Madison finalmente conseguiu ver a vulnerabilidade da filha que existe por baixo do exterior duro.

Esse fortalecimento da relação entre mãe e filha teve um forte contraste com a ruptura entre Chris e Travis anteriormente na série, e mesmo com a de Madison e Nick no midseason finale. Foi bom ver mãe e filha na mesma página, porque considerando as circunstâncias atuais, elas precisarão formar um time forte para encarar os desafios dos últimos episódios.

Qual foi a sua parte favorita do episódio? Notou mais alguma coisa bacana? Deixe tudo nos comentários abaixo.

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.


Fonte: Movie Pilot


Comentários