Siga-nos nas redes sociais

5ª Temporada

Promovendo Fear the Walking Dead: Entrevista com Alycia Debnam-Carey, Maggie Grace e Michael Satrazemis

Confira a primeira parte das entrevistas com o elenco e os produtores de Fear the Walking Dead durante a coletiva de imprensa da 5ª temporada na WonderCon.

Publicado há

em

A convite da AMC, nós tivemos a oportunidade de reencontrar e conversar com o elenco de Fear the Walking Dead em uma coletiva de imprensa para promover a quinta temporada da série. O evento aconteceu em Anaheim, Califórnia, na WonderCon. Jornalistas do mundo inteiro se reuniram para conhecer um pouco mais sobre a história do novo ano e dos personagens de cada um dos atores que se fizeram presentes. Abaixo você confere os detalhes das entrevistas com Alycia Debnam-Carey (Alicia Clark), Maggie Grace (Althea) e Michael Satrazemis (diretor).

Eu assisti novamente ao último episódio da quarta temporada ontem à noite e foi intenso, obviamente. Vocês foram envenenados pela Martha, que é completamente maluca. O que vocês podem nos dizer a respeito?

Maggie Grace: Nós a chamávamos de mulher suja. Eu lembro que dizíamos: nós passamos nessa estrada com a mulher suja (risos). Nós a chamamos de Tonya, na verdade, mas ela estava suja no contexto do show.

O que vocês podem nos dizer sobre o que vem pela frente na quinta temporada? Nós vimos o trailer antes do painel…

Alycia Debnam-Carey: Que legal! Eu achei que vocês ainda não tinham visto.

Eles nos deram só uma pequena demonstração.

Maggie Grace: O que é mais empolgante para mim é que estamos em contato com um mundo muito maior e em uma parte diferente do universo de The Walking Dead.

Vocês estavam tão perto de ir para Alexandria na última temporada e, aí, tudo mudou.

Maggie Grace: Para melhor.

Michael Satrazemis: Eles estão solidificados como uma família, com a intenção de expandir seu mundo e de salvar pessoas. É bom ver todo mundo junto também. Na última temporada, nós ainda tínhamos uma divisão entre famílias e novos personagens e, agora, todo mundo tem um propósito.

Maggie Grace: Um propósito em comum.

Alycia Debnam-Carey: O mundo que vocês vão ver, em que nos encontramos agora, é uma nova camada e um novo nível. É um caos e tudo o que vocês já sabem, mas ainda pior.

Maggie Grace: É uma decadência social e temos outros tipos de decadência também.

Vocês não têm um show fácil para fazer, nós sabemos.

Michael Satrazemis: Nós não podemos contar nada.

Existe algo interessante sobre o desenvolvimento do seu personagem na quinta temporada que você esteja empolgada para que o público veja?

Maggie Grace: Sim, com certeza!

Alycia Debnam-Carey: Sim. É tudo o que eu posso dizer!

Maggie Grace: Ela começa a tricotar. É uma loucura. (risos)

Alycia Debnam-Carey: Eu pude trabalhar bastante com o Lennie nessa temporada e isso foi… Eu posso dizer isso?

Michael Satrazemis: Claro!

Alycia Debnam-Carey: Você me estressa! (risos)

Michael Satrazemis: Eu não estou aqui para te policiar.

Fear the Walking Dead Brasil: Alycia, você diria que o Lennie, o Colman e todos estão oferecendo suporte para a sua personagem agora que ela não tem mais a família? Essa foi uma mudança gigantesca da temporada passada. Como você a vê na nova temporada?

Alycia Debnam-Carey: Honestamente, estamos todos apoiando uns aos outros porque ninguém tem mais ninguém. Todo mundo foi completamente isolado. Eles são esse grupo de pessoas que foi costurado junto, essa família que está se apoiando.

Maggie Grace: Todos estão procurando por uma razão para continuar seguindo e para acordar todas as manhãs, mais do que apenas sobreviver.

Michael Satrazemis: Esse é o ponto: salvar pessoas juntos enquanto eles lidam com o que fizeram na quarta temporada, tentando compensar pelas coisas que tiveram que fazer para sobreviver. Todos estão processando de maneira diferente, mas eles estão tentando salvar pessoas usando as fitas da Al.

Nós temos mais entrevistas pelo caminho?

Maggie Grace: Sim! Alguns encontros bem inesperados também.

Fear the Walking Dead Brasil: Maggie, como está sendo essa mudança para a Al? Até recentemente, ela se recusava a fazer parte de um grupo e só queria saber de suas fitas. Agora, ela está se recompondo e está disposta a ajudar outros. Como você a vê nessa temporada?

Maggie Grace: Ela era uma testemunha imparcial antes, mas eu acho que ela não pode ficar naquele lugar. Ela viu as fitas como uma forma de, no final, fazer a humanidade resistir ao tempo e retratar a história. Mas eu acho que, agora, ela se sente bem diferente por ter um meio mais direto de usá-las – como um mapa da estrada para que possamos construir algum tipo de comunidade. Eu acho que essa direção é muito bacana.

Michael Satrazemis: Eu gosto disso, eles sentem que podem usar as fitas para o futuro.

Alycia, eu estou curioso: a perda da sua mãe e do seu irmão é muito recente e eu acredito que a sua personagem não seguiria em frente de repente. Vamos vê-la lidando com isso? Ela já superou ou ainda vamos vê-la retornar para a missão da mãe, de salvar as pessoas?

Alycia Debnam-Carey: Definitivamente, ainda vamos vê-la passando por isso e tentando lidar da melhor maneira que ela consegue, mas de uma forma que talvez não seja a melhor possível.

Michael Satrazemis: Todo mundo processa a morte de maneira diferente. Não é fácil de superar.

Alycia Debnam-Carey: Qual foi a segunda parte da sua pergunta mesmo?

Se ela ainda está sentindo muito o luto. Porque ela ainda fala muito sobre a mãe, a minha mãe diria isso ou…

Alycia Debnam-Carey: A missão da mãe. Sim, ela ainda está sentindo muito o luto, mas está tentando voltar para a missão da mãe. Ela só está achando difícil interpretar da maneira dela e descobrir o que isso significa.

Existem cenas ou episódios favoritos que vocês filmaram para a nova temporada?

Michael Satrazemis: Tenho várias. Eu consigo pensar em algumas em particular, mas isso é tudo o que eu posso dizer. Eu acho que o Ian e o Andrew são muito ousados, eles enfrentam riscos para escrever episódios especiais. Nós tivemos episódios muito especiais na última temporada, principalmente aquele com a Alycia e a Alexa. Eu diria que as chances são altas de termos alguns episódios como aquele, em algum momento.

Alycia Debnam-Carey: Estou empolgada pelo segundo episódio.

Michael Satrazemis: Eu amo o primeiro.

Alycia Debnam-Carey: Mas não podemos falar sobre o que acontece.

Vocês podem nos dar algum insight sobre como as personagens de vocês se relacionam com o personagem do Austin? Elas gostam dele ou o odeiam?

Maggie Grace: Nós não temos o mesmo histórico que o Morgan tem. É uma tábula rasa, de algumas formas, com a gente.

Alycia Debnam-Carey: Ele vem até nós como um indivíduo completamente aleatório.

Maggie Grace: A não ser que o Morgan decida nos contar.

Mas no sentido de uma nova pessoa chegando…

Maggie Grace: Ah, como uma pessoa? Austin? Risos.

Como um novo personagem chegando. Vocês estão com a guarda levantada ou estão dispostas a aceitá-lo?

Alycia Debnam-Carey: Acho que a missão do grupo… Tentar salvar pessoas e estar lá para as pessoas, criar uma comunidade e ver o lado positivo das pessoas, é isso que eles estão tentando fazer a partir de agora. Então, no primeiro encontro, é disso que estamos partindo.

Michael Satrazemis: Essa é a missão para todos, o processo de todos.

Maggie Grace: É difícil ficar acordando e procurando por latas de comida suficientes para sobreviver ao dia. Qualquer propósito maior que faça a humanidade significativa, seja amor, arte, conexões… É isso que faz uma comunidade. Nós certamente estamos abertos a isso – talvez, até muito abertos. Nós esperamos conseguir ajudar outros, mas não vamos necessariamente conseguir curar a nós mesmos.

Fear the Walking Dead Brasil: Nós não vemos a Al e a Alycia, necessariamente, como personagens que sempre conseguem fazer o que é preciso. Como você as vê nessa temporada? Elas são corajosas, definitivamente, mas vão enfrentar situações em que tenham que ir contra seus próprios princípios para sobreviver?

Maggie Grace: Definitivamente. A Al questiona tudo, inclusive seu relacionamento com a verdade. Ela é forçada a questionar seus valores mais fundamentais e tomar decisões que tem consequências sérias sob muita pressão. Ela tem que questionar tudo em que acredita.

Alycia Debnam-Carey: Eu acho que, para a Alycia, é muito mais uma força psicológica que ela tem que encontrar. Obviamente, ela é muito capaz como lutadora e sobrevivente, mas ela está lutando mentalmente e emocionalmente para lidar com as coisas. Daqui para frente, ela vai tentar achar um propósito verdadeiro, uma razão para continuar seguindo. Não é sempre uma batalha da forma que você espera para estes personagens.

Tem muitos aspectos físicos, obviamente, nestes papéis. Vocês fazem algum tipo de treinamento específico para aguentar? Tem muita caminhada!

Maggie Grace: Muita ligação direta de carros!

Vocês fazem alguma aula de ligação direta? Risos.

Maggie Grace: Como escapar de um porta-malas! É muito específico, tem certas habilidades que nós nem imaginávamos que iríamos precisar. Tem algumas coisas que tivemos que a aprender a fazer bem o suficiente, mesmo sem ser um expert. Você tem que aprender algumas coisas que aparecem.

Michael Satrazemis: Mas eu acho que vocês duas são muito capazes, atléticas e persistentes. Vocês conseguem aguentar uma quantidade severa de abuso! Risos.

Alycia Debnam-Carey: Recentemente, eu disse: “Ei, pessoal… Que bom que eu não tenho medo de altura, não é?” Em uma área, em certo momento, eu estava bem no alto. Se eu tivesse medo de altura, eles teriam um grande problema. Foi um dia inteiro de filmagem! “Quem se esqueceu de nos dizer que a Alycia morre de medo de altura?” Risos.

Maggie Grace: Cinquenta por cento do tempo, nós estamos na água.

Alycia Debnam-Carey: Quero dizer, eu já fiz cinco anos disso. Agora é quase que uma segunda natureza ser jogada em uma cena de luta. Você pega bem mais rápido agora porque já fez por muito tempo.

Maggie Grace: Muito trabalho com fios nessa temporada. Fios e água.

Vocês tiveram tempestades ou algo do tipo? O clima será um fator relevante dessa vez?

Alycia Debnam-Carey: Não tão severamente. O ambiente será.

Michael Satrazemis: Em Austin, o clima é tão insano que pode até ser real!

Alycia Debnam-Carey: Como eles dizem no Texas? “Se você não gosta do clima, espere cinco minutos”. É maluco. Mas eu acho que, nessa temporada, temos como elemento o ambiente à nossa volta e como ele afeta os personagens. Não é tanto o clima, para ser específico, mas o ambiente à nossa volta. Nós nos encontramos em um ambiente bem precário e assustador.

Maggie Grace: Não podemos mais depender de tudo o que achávamos que podíamos depender.

Michael Satrazemis: É difícil esse aprofundamento do apocalipse. É difícil encontrar pessoas ou um propósito.

Fear the Walking Dead Brasil: Na quinta temporada, os desafios ambientais são maiores que os desafios pessoais?

Maggie Grace: Temos os dois.

Alycia Debnam-Carey: Podemos dizer isso?

Michael Satrazemis: Eu acho que os desafios pessoais são maiores. Existe um tema comum no apocalipse, em que todos precisam de um propósito para sobreviver.

TRAILER DA 5ª TEMPORADA DE FEAR THE WALKING DEAD:

Fear the Walking Dead é exibido no Brasil pelo canal AMC. Consulte sua operadora de TV.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

5ª Temporada

5ª temporada de Fear the Walking Dead chega ao Prime Video

Depois de uma longa espera, a quinta temporada de Fear the Walking Dead finalmente chegou ao catálogo do Amazon Prime Video.

Publicado há

em

personagens principais no pôster da 5ª temporada de Fear the Walking Dead

Uma grande novidade para quem estava querendo maratonar a última temporada para se preparar para o lançamento da próxima! A 5ª temporada de Fear the Walking Dead chegou hoje (15) no catálogo do Amazon Prime Video.

Spin-off da série The Walking Dead, Fear retrata os eventos iniciais do apocalipse zumbi na costa oeste no mesmo período em que a cidade de Atlanta estava sendo atacada, enquanto Rick Grimes estava em coma no hospital local. A quinta temporada segue o grupo de sobreviventes liderados por Morgan Jones (Lennie James) e Alicia Clark (Alycia Debnam-Carey) enquanto procuram outros sobreviventes, buscando ajudar os outros em um esforço para compensar as transgressões do passado. Juntos, eles também tentam ajudar os próprios amigos, que desejam encontrar-se novamente para deixar um legado para o mundo. O que nenhum deles imagina é que nem sempre podem ajudar a todos, e que nem todos gostam de suas ações benevolentes.

Nos EUA, a estreia da 5ª temporada de Fear the Walking Dead foi assistida por 3 milhões de espectadores, entre os quais 1,5 milhões de adultos de 25 a 54 anos de idade e 1,2 milhões de adultos de 18 a 49 anos de idade em classificações Nielsen ao vivo+3, tornando-se a estreia de drama na TV por assinatura com a terceira maior avaliação para a atual temporada 2018/19 de televisão em ambas as principais demonstrações.

A 5ª temporada de Fear the Walking Dead contém 16 episódios e foi lançada em 2019 no AMC. A 6ª temporada vai estrear no canal no dia 11 de Outubro deste ano.

Continue lendo

5ª Temporada

Dwight encontra esperança nos primeiros minutos do próximo episódio de Fear the Walking Dead

Assista aos primeiros minutos de “End Of The Line”, o último episódio da 5ª Temporada de Fear the Walking Dead.

Publicado há

em

A quinta temporada de Fear the Walking Dead se encerra neste domingo, 29 de setembro, no AMC Internacional, com o décimo sexto episódio (S05E16 – “End Of The Line”).

Dwight (Austin Amelio) aparentemente consegue contato com sua esposa Sherry pelo rádio.

A cena inicial mostra Dwight fugindo de algo ou alguém e recebe um sinal pelo rádio que aparenta ser Sherry. A bateria do rádio acaba e ele é tomado pelo desespero, mas logo o jogo vira quando ele encontra alguns cavalos. Confira o vídeo legendado:

LEIA TAMBÉM:
Primeiras imagens do 16º episódio da 5ª temporada de Fear the Walking Dead

A sinopse do décimo sexto episódio conta que “Encarando um futuro desconhecido, Morgan lidera o grupo em uma missão; Al junta as peças; John e June fazem uma promessa.”

Quais as suas expectativas para o episódio “End Of The Line”? Compartilhe conosco todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!


Legenda por: Andrey Paiva / Equipe Fear the Walking Dead Brasil

Continue lendo

5ª Temporada

Spoilers do último episódio da 5ª temporada de Fear the Walking Dead indicam morte de personagem principal

Possível destino de personagem principal pode ter sido revelado nos momentos finais do último episódio da 5ª temporada de Fear the Walking Dead.

Publicado há

em

O último episódio da 5ª temporada de Fear the Walking Dead vai ao ar hoje, 29 de setembro, no AMC Internacional, e no dia 7 de Outubro no AMC Brasil, mas muitos spoilers vazados já estão disponíveis na internet.

O The Spoiling Dead Fans, fórum não oficial de fãs que compartilha detalhes muitas vezes verdadeiros sobre as produções do universo The Walking Dead, divulgou na última sexta-feira (27) a possível morte de um personagem principal nos momentos finais do episódio “End Of The Line“. Confira:

Recebemos algumas informações sobre o episódio final de domingo. Segure-se firme, não parece bom para nosso garoto Morgan.

Ginny e Morgan ficaram para trás depois que Ginny consegue separar o grupo enviando-os em seus veículos. Ginny puxa uma arma para Morgan e eles brigam. Ginny consegue dar um tiro e atinge o peito de Morgan. Ela tenta atirar nele uma segunda vez, mas falha. Ginny então sai. Morgan anda um pouco sozinho, sangrando quando é cercado por meia dúzia de caminhantes. Parece que veremos se Morgan realmente “nunca morre” – na sexta temporada.

Curiosamente podemos ver o final dessa cena no vídeo promocional do episódio:

Confira o print do momento exato onde vemos Morgan Jones (Lennie James) sentado sangrando enquanto os walkers se aproximam dele:

O que você acha do possível destino de Morgan? Acredita que o personagem vai realmente morrer? Deixe sua opinião e teorias nos comentários abaixo!

Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

EM ALTA