Siga-nos nas redes sociais

Destaque

REVIEW FEAR THE WALKING DEAD S02E01 – Monster: O mesmo mundo em épocas distintas

Publicado há

em

ATENÇÃO: Este review contém spoilers do primeiro episódio da segunda temporada de Fear the Walking Dead, S02E01 – “Monster” (Monstro). Leia por sua conta e risco. Você foi avisado.

Finalmente, após longos meses, estamos de volta. Sem delongas, se necessita ir direto ao ponto antes de abrir-se o espaço real da review: Fear the Walking Dead não é The Walking Dead e Travis Manawa não é Rick Grimes. Aqui se poderia encerrar a indireta aos fãs fervorosos, mas, é necessário se explicitar de maneira mais aberta.

Com a volta da série original que é um spin-off do mundo dos quadrinhos de Robert Kirkman, houve novamente duras críticas a forma serena com que a série toma rumo. Não seria necessário que a discussão voltasse à tona, mas antes mesmo do lançamento da primeira temporada, de Robert Kirkman aos atores, todos os que estão envolvidos na série deixaram bem claro que, quem assiste Fear deve apreciar o drama com um olhar diferente com o que aprecia The Walking Dead. São duas séries distintas em épocas distintas. O mundo é o mesmo, o evento é o mesmo, mas a trama de Fear se desenrola num período não mostrado em The Walking Dead, nos primeiros dias do apocalipse, onde as pessoas não faziam mínima ideia do que estava acontecendo e como lidar com a situação que começa a se desenrolar.

Não, antes que haja pessoas ofendidas, não há uma obrigatoriedade de todos ovacionarem a série. Entretanto, pessoas que continuam a dissipar discussões com os argumentos “A série é muito lenta, não parece com The Walking Dead”; “Esses personagens são muito burros, não sabem fazer nada”, devem por fim entender que sim, estão assistindo a série errada. Não espere de Fear o que The Walking Dead oferece.

fear-the-walking-dead-s02e01-review-001

Visto isso e o ponto final devidamente adicionado, inicia-se a review. A série retorna em seu segundo ano praticamente no momento em que a primeira temporada teve seu fim. Após a morte/suicídio/assassinato de Liza, os sobreviventes se inclinam a fugir de Los Angeles a bordo do iate Abigail. A cena de introdução com Madison (Kim Dickens), Travis (Cliff Curtis), Chris (Lorenzo James Henrie), Nick (Frank Dillane) e o corpo de Liza (Elizabeth Rodriguez) observando do bote a destruição de Los Angeles foi composta de grande carga emocional. Ver Los Angeles ser tomada por bombas e sucumbindo às labaredas de fogo foi simplesmente magnifico.

Já navegando a bordo de Abigail, os tripulantes encontram sobreviventes à deriva. Alicia (Alycia Debnam-Carey) e Madison se comovem e estão decididas a resgatar àquelas pessoas. Entretanto, Victor Strand (Colman Domingo) relembra a todos que eles estão sobre o iate dele e que ele já foi misericordioso demais ao ajuda-los. Contrariado de inicio, Travis compreende o que Strand fala e é questionado por Madison. Ele tenta a convencer que a maior preocupação deles agora deve ser a sobrevivência e que, adicionar ao iate mais pessoas seria utopia e acabaria por causar grandes problemas, principalmente por conta de mantimentos. A relação entre os dois parece estar num ponto de colisão. Madison parece querer ser a heroína do mundo, enquanto Travis pende a ser o herói de si mesmo.

Travis atribui à Alicia a função de tentar se comunicar via rádio com outros navios – para quem é fã das HQ’s de The Walking Dead e acompanhou as últimas edições, sabe que Eugene está ligeiramente atrasado comparado com Alicia e seu rádio. Ela se dedica completamente ao serviço e, acaba por encontrar o que buscava. Com receio no inicio, aos poucos Alicia vai se entregando a voz desconhecida vinda do rádio. Os dois parecem desenvolver uma rápida relação e começam a trocar informações sobre suas vidas. Num ponto da conversa, Alicia acaba revelando demais e isso faz com que os piratas – sim, Fear nos trará piratas – (novamente adiantando com a HQ, onde Michonne se tornou uma eximia capitã faz pouco tempo) acabem indo em busca de Abigail.

Enquanto Alicia jogava com a segurança de todos, Abigail passa por outra embarcação que parece ter sido atacada, visto as marcas de tiros. Nesse momento que temos uma novidade que até então o mundo de Kirkman não nos apresentou: zumbis aquáticos. Nick (que resolveu nadar com Chris) insiste estar ouvindo pedido de ajuda vindo da embarcação em naufrágio, e, imaturamente, resolve se aproximar do local. Acaba quase partindo para um abraço com um infectado nas águas.

O episódio termina com o que parece ser uma Madison convencida de que ajudar pessoas é um plano arriscado. Que os valores de outrora devem ser descartados quando a regra é sobrevivência de quem se ama.

fear-the-walking-dead-s02e01-review-002

Além disso, houve cenas ricas que demonstram futuros desenvolvimento de relacionamento entre personagens. Há uma cena muito bem explorada entre Chris e Daniel (Rubén Blades) que estão pescando juntos e acabam tentando se consolarem pelas mortes de Liza e de Griselda (Patrícia Reyes Spíndola). Chris passa o episódio inteiro demonstrando que a morte de Liza não foi facilmente superada e que seu lado rebelde veio à tona. Ainda, Madison se compadece do garoto e também tem uma cena que indica uma possível melhor convivência entre os dois no futuro. Ofélia (Mercedes Mason) que ainda está sofrendo as consequências do tiro que levou no final da primeira temporada, cruza com Nick e os dois trocam olhares e palavras amistosas.

O episódio de estreia demonstra que a segunda temporada de Fear the Walking Dead virá carregada de novidades e confrontos e problemas grandiosos para os personagens. Veremos conflitos internos e externos, já que, parte-se do pressuposto que há pessoas que não possuem nenhuma empatia uns com os outros dentro de Abigail. Provavelmente isso será geratriz de grandes discussões.

A série demonstra estar cumprindo o objetivo de drama familiar, que vem sendo demonstrado desde o primeiro episódio da temporada inicial. O relacionamento em colisão entre Madison e Travis [Nota do redator: tenho pouca empatia pelo casal central da série, ao final das contas eles parecem os menos prontos para a sobrevivência] parece que tomará novo rumo nos próximos episódios e as diferenças de pensamentos e formas de ver a proteção aos filhos pode gerar divisão entre a família Manawa e Clark. Daniel e Ofélia ainda têm assuntos para resolverem desde a primeira temporada, não se viu muito dos dois juntos nessa estreia, mas há algumas explicações que Daniel terá de dar para a filha. Strand é, com certeza, o personagem que gerará mais controvérsia. Ele é extremamente controlador e ditador. As coisas devem ser feitas do seu modo ou não são feitas. Com toda certeza o seu modo egocêntrico poderá causar grande ruína na tripulação de Abigail. A ameaça que devastou a embarcação onde Chris e Nick estavam nadando, provavelmente será um forte “vilão” nos próximos episódios. Basta que os fãs discutam como os sobreviventes centrais farão pra se manterem vivos, visto que diferentemente de Rick e seu grupo, eles não possuem nenhum tipo de armamento para defesa. O instinto de sobrevivência terá de falar mais alto. Quem será o primeiro a sucumbir as novas ameaças?

O que você achou do primeiro episódio da segunda temporada de Fear the Walking Dead? Quais são suas expectativas para os próximos episódios? Compartilhe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Destaque

Novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead (LEGENDADO)

O novo trailer da sexta temporada de Fear the Walking Dead foi divulgado na San Diego Comic-Con, confira as novas cenas legendadas.

Publicado há

em

AMC divulgou um novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead, hoje, no seu painel na San Diego Comic-Con @ At Home.

As novas cenas da sexta temporada mostram Morgan Jones tentando sobreviver, porém pode não ser por muito tempo, já que ele está sendo caçado.

O trailer também veio para mostrar que os primeiros episódios da volta de Fear The Walking Dead já foram gravados antes que a produção precisasse parar.

“Acho que estamos realmente empolgados na 6ª temporada, porque todo mundo se separou e já ouvimos Ginny mencionar o fato de que ela tem alguns assentamentos sob seu controle. Ela é como um colonizador”, o showrunner Andrew Chambliss disse anteriormente à Entertainment Weekly“Ela é como alguém que franquia esses assentamentos e entra e conserta as coisas e então toma o controle. Mas isso significa que vamos ver muitos lugares diferentes e ter muitos sabores diferentes e seremos capazes de mergulhar realmente profundamente com nossos personagens.”

Além de Andrew, Ian Goldberg também revelou que essa será uma temporada mais sombria e misteriosa, com um foco na vida dos personagens e o que está acontecendo com eles nas comunidades da Virginia.

LEIA TAMBÉM:
REVELADA A DATA DE ESTREIA DA 6ª TEMPORADA DE FEAR THE WALKING DEAD

O produtor executivo, Scott Gimple disse que a estrutura da série irá “mudar um pouquinho”.

A 6ª temporada de Fear the Walking Dead estreia dia 11 de Outubro, mas ainda não se sabe quando a série poderá voltar a ser gravada por conta da pandemia.


Legendas por: Letícia Paulini / Equipe Fear the Walking Dead Brasil

Continue lendo

Destaque

Revelada a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Confira a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead nos EUA. A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada.

Publicado há

em

A AMC anunciou na Comic-Con @ Home que a 6ª temporada de Fear the Walking Dead vai estrear na noite de 11 de outubro de 2020.

A sexta temporada de Fear the Walking Dead explora o que aconteceu com a família improvável, unida pela missão de ajudar os necessitados. Depois de serem separados por Virgínia e os Pioneiros, o grupo agora está espalhado ao longo das comunidades.

A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada. Desde a segunda metade da quarta temporada, o AMC Brasil optou por exibir a série em datas diferentes dos EUA. Na 5ª temporada, eles começaram a exibir a série após 3 episódios já terem sido lançados em solo americano. Não sabemos se isso será mantido ou se eles voltarão a exibir a série simultaneamente.

Ansiosos pelo retorno de Fear the Walking Dead? O que você gostaria de ver na sexta temporada? Quais são suas expectativas? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Continue lendo

Destaque

Assista ao painel de Fear the Walking Dead na Comic-Con @ Home

Confira o painel completo de Fear the Walking Dead na San Diego Comic-Con 2020. O evento acontece de maneira virtual por conta da pandemia.

Publicado há

em

imagem promocional de fear the walking dead na Comic-Con @ Home

A San Diego Comic-Con deste ano acontece de maneira virtual e totalmente gratuita. O evento presencial precisou ser cancelado por conta da pandemia de Coronavírus e todos os painéis foram gravados com antecedência pelos estúdios e estão sendo lançados na íntegra de acordo com a programação.

Como de costume, as séries do universo The Walking Dead – The Walking Dead, Fear the Walking Dead e The Walking Dead World Beyond – comandam a sexta-feira da Comic-Con @ Home.

O painel de Fear the Walking Dead é focado na 6ª temporada, que estreia ainda este ano. A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

Palestrantes: Lennie James (Morgan), Alycia Debnam-Carey (Alicia), Colman Domingo (Strand), Danay Garcia (Luciana), Karen David (Grace), Jenna Elfman (June) e Rubén Blades (Daniel), Andrew Chambliss (showrunner), Ian Goldberg (showrunner) e Scott M. Gimple (chefe de conteúdo do universo The Walking Dead).
Moderador: Chris Hardwick
Horário: 16h (horário de Brasília)

Assista ao painel de Fear the Walking Dead:

ATENÇÃO: O vídeo só vai aparecer no player abaixo às 16h!

LEIA TAMBÉM:
Assista ao painel de The Walking Dead na Comic-Con @ Home
Assista ao painel de The Walking Dead World Beyond na Comic-Con @ Home

Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

EM ALTA