Siga-nos nas redes sociais

Destaque

Review Fear the Walking Dead S05E11 – You’re Still Here: Uma série onde pouca coisa acontece

“You’re Still Here” foi o décimo primeiro episódio da 5ª temporada de Fear the Walking Dead. Venha conferir a nossa crítica ao episódio e comente conosco.

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do décimo primeiro episódio, S05E11 – “You’re Still Here”, da quinta temporada de Fear the Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Eu sei, deve ser desanimador abrir essa coluna semanal do site e ver aqui um monte de desilusões e reclamações, que muitas vezes correspondem aquilo que você pensa ou sente. Seria ótimo ter um artigo esperançoso e feliz, narrando o quanto Fear the Walking Dead tem conseguido construir uma ótima quinta temporada. Entretanto, não há como redigir uma crítica sobre o que vem acontecendo no spinoff de maneira positiva. É necessário entender que a vontade do sucesso da série aqui é muito maior do que o desejo de sua derrota, mas o realismo precisa ser evidenciado nesse espaço e os fatos dizem que Fear the Walking Dead se perdeu totalmente nesse quinto ano.

You’re Still Here, antes de tudo, foi um episódio neutro. Não é algo absurdamente ruim como a série vinha sendo até agora. Mas também não é algo relevante o suficiente para nos fazer satisfeitos. Nós temos dois eixos de narrativa que se centram entre AliciaStrandWes e noutro ponto Althea Morgan que no fim acabam unificando a história. Poeticamente falando, o episódio é até bonito, já que vemos Alicia e Morgan caindo na realidade – e no óbvio – e se readequando aos significados do que é viver. Mas quando apontamos os olhos para uma análise de enredo cooperativo com a quinta temporada, novamente nós temos um episódio que não vai a lugar algum.

Desde o começo dessa temporada há a discussão sobre o quanto esse quinto ano tem sido um tiro no escuro, ou uma estrada sem rumo. A primeira metade foi repleta de tramas sobrepostas que se encerraram de forma nula, já que uma veio a anular os êxitos que a outra poderia demonstrar. Os oito primeiros episódios não fluíram pra lugar algum.  Apenas vimos um eixo central baseado na ajuda ao próximo como elo mais fraco de uma história cheia de pontas que tentaram se atar de alguma forma, mas que no fim foram só um amontoado de imposições à audiência.

Agora, se não bastasse uma história sem rumo, vemos o crescimento dos personagens caminhar para o mesmo. Quando Alicia e Morgan parecem estar pegando velocidade para se desenvolverem, algo acontece e eles retornam à estaca zero. E isso aconteceu repetidamente em You’re Still Here.

A neutralização de personagens fortes tem sido um problema.

Alicia sempre foi a minha personagem favorita na série, até mais do que os protagonistas – que hoje me fazem muita falta. Entretanto, eu não tenho mais a reconhecido. O tamanho da descaracterização dela é tão gritante que eu deixei de me importar com ela. E isso é um dos maiores problemas que Fear vem tendo. Os novos showrunners diluíram tanto a essência dos personagens, que a audiência não consegue mais ser empática com eles. Como disse na semana passada, nem Daniel que por diversas vezes demonstrou ter um caráter forte e que não conseguia ser imperceptível quando estava em cena consegue mais ser o mesmo.

A trama das árvores que era outra grande promessa e uma nova oportunidade de se fundar algo interessante para a temporada, no fim, serviu apenas para Alicia terminar o episódio voltando a ter cinco anos de idade. Uma perseguição ferrenha em todo o episódio, para no fim, ela descobrir que o autor das obras não era ninguém muito relevante.

Acho cômico como em cada episódio Fear tenta inovar. Na semana passada vimos Morgan lidando com os infectados utilizando um carrinho de controle remoto e nessa semana vimos Strand ficando cego por causa do gás lacrimogênio. Mas a pergunta que me fiz durante toda a sequência foi: por qual motivo ele ficou do lado de fora se expondo ao gás se poderia ter ido junto com Alicia para dentro do prédio e fechado as portas, como depois vieram a fazer?

No que diz respeito a Logan, eu não sei se perdi alguma informação ou se novamente estamos numa história sem muitas explicações. Não me parece esclarecido em que momento que Morgan descobriu o local dos poços de petróleo e como se converteu em inimizade o pacto que o “vilão” firmou com o grupo ao fim do oitavo episódio. E na forma como a trama fluí, não parece que de alguma forma eles queiram nos explicar isso. Ou seja, mais um indicativo de um enredo impositivo, que nós como audiência temos que apenas nos contentar em engolir o que está sendo oferecido.

Logan é um vilão com uma proposta mal construída.

Ao final do episódio, vemos Logan destruindo a porta de cofre onde Althea tinha guardado suas fitas. É engraçado, já que alguns minutos antes tivemos uma cena onde Morgan dizia que nada poderia destruir aquele local. Mas além disso, o que fica é: qual o grande problema que isso irá gerar além de acalorar os ânimos de Althea? Qual a importância que isso tem para a história em relevância?

Por fim, só como uma reclamação extra, eu questiono se de fato Alicia tem acordado todos os dias e desenhado com caneta o desenho que seu namorado fez em seu braço na primeira temporada, porque se sim, me parece bem problemático se considerarmos que eles estão vivendo no apocalipse a mais de três anos. Sério mesmo que ela todos os dias, durante três anos vem reforçando o símbolo? Pra qual utilidade? O que isso nos diz sobre sua personalidade?

Enfim, a insistência em Morgan como protagonista menos carismático do mundo fictício e um roteiro desleixado tem gerado um problema para quem assiste a série: conseguir enxergar novos aspectos da trama. Temos uma sexta temporada confirmada, mas não consigo ver uma boa projeção para isso se Morgan continuar no centro de roteiro e nem se personagens como Alicia e Daniel seguirem sendo cordeirinhos morganizados. Algo precisa ser mudado. Está na hora dos showrunners perceberem que o reboot que se propuseram a fazer no quarto ano, encerrando o arco de Madison, não deu certo.

E você, qual sua opinião sobre o episódio? Vote em nossa enquete e deixe um comentário.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Destaque

Novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead (LEGENDADO)

O novo trailer da sexta temporada de Fear the Walking Dead foi divulgado na San Diego Comic-Con, confira as novas cenas legendadas.

Publicado há

em

AMC divulgou um novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead, hoje, no seu painel na San Diego Comic-Con @ At Home.

As novas cenas da sexta temporada mostram Morgan Jones tentando sobreviver, porém pode não ser por muito tempo, já que ele está sendo caçado.

O trailer também veio para mostrar que os primeiros episódios da volta de Fear The Walking Dead já foram gravados antes que a produção precisasse parar.

“Acho que estamos realmente empolgados na 6ª temporada, porque todo mundo se separou e já ouvimos Ginny mencionar o fato de que ela tem alguns assentamentos sob seu controle. Ela é como um colonizador”, o showrunner Andrew Chambliss disse anteriormente à Entertainment Weekly“Ela é como alguém que franquia esses assentamentos e entra e conserta as coisas e então toma o controle. Mas isso significa que vamos ver muitos lugares diferentes e ter muitos sabores diferentes e seremos capazes de mergulhar realmente profundamente com nossos personagens.”

Além de Andrew, Ian Goldberg também revelou que essa será uma temporada mais sombria e misteriosa, com um foco na vida dos personagens e o que está acontecendo com eles nas comunidades da Virginia.

LEIA TAMBÉM:
REVELADA A DATA DE ESTREIA DA 6ª TEMPORADA DE FEAR THE WALKING DEAD

O produtor executivo, Scott Gimple disse que a estrutura da série irá “mudar um pouquinho”.

A 6ª temporada de Fear the Walking Dead estreia dia 11 de Outubro, mas ainda não se sabe quando a série poderá voltar a ser gravada por conta da pandemia.


Legendas por: Letícia Paulini / Equipe Fear the Walking Dead Brasil

Continue lendo

Destaque

Revelada a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Confira a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead nos EUA. A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada.

Publicado há

em

A AMC anunciou na Comic-Con @ Home que a 6ª temporada de Fear the Walking Dead vai estrear na noite de 11 de outubro de 2020.

A sexta temporada de Fear the Walking Dead explora o que aconteceu com a família improvável, unida pela missão de ajudar os necessitados. Depois de serem separados por Virgínia e os Pioneiros, o grupo agora está espalhado ao longo das comunidades.

A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada. Desde a segunda metade da quarta temporada, o AMC Brasil optou por exibir a série em datas diferentes dos EUA. Na 5ª temporada, eles começaram a exibir a série após 3 episódios já terem sido lançados em solo americano. Não sabemos se isso será mantido ou se eles voltarão a exibir a série simultaneamente.

Ansiosos pelo retorno de Fear the Walking Dead? O que você gostaria de ver na sexta temporada? Quais são suas expectativas? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Continue lendo

Destaque

Assista ao painel de Fear the Walking Dead na Comic-Con @ Home

Confira o painel completo de Fear the Walking Dead na San Diego Comic-Con 2020. O evento acontece de maneira virtual por conta da pandemia.

Publicado há

em

imagem promocional de fear the walking dead na Comic-Con @ Home

A San Diego Comic-Con deste ano acontece de maneira virtual e totalmente gratuita. O evento presencial precisou ser cancelado por conta da pandemia de Coronavírus e todos os painéis foram gravados com antecedência pelos estúdios e estão sendo lançados na íntegra de acordo com a programação.

Como de costume, as séries do universo The Walking Dead – The Walking Dead, Fear the Walking Dead e The Walking Dead World Beyond – comandam a sexta-feira da Comic-Con @ Home.

O painel de Fear the Walking Dead é focado na 6ª temporada, que estreia ainda este ano. A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

Palestrantes: Lennie James (Morgan), Alycia Debnam-Carey (Alicia), Colman Domingo (Strand), Danay Garcia (Luciana), Karen David (Grace), Jenna Elfman (June) e Rubén Blades (Daniel), Andrew Chambliss (showrunner), Ian Goldberg (showrunner) e Scott M. Gimple (chefe de conteúdo do universo The Walking Dead).
Moderador: Chris Hardwick
Horário: 16h (horário de Brasília)

Assista ao painel de Fear the Walking Dead:

ATENÇÃO: O vídeo só vai aparecer no player abaixo às 16h!

LEIA TAMBÉM:
Assista ao painel de The Walking Dead na Comic-Con @ Home
Assista ao painel de The Walking Dead World Beyond na Comic-Con @ Home

Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

EM ALTA