Siga-nos nas redes sociais

Destaque

Review Fear the Walking Dead S05E12 – Ner Tamid: Uma boa surpresa

“Ner Tamid” foi o décimo segundo episódio da 5ª temporada de Fear the Walking Dead. Venha conferir a nossa crítica ao episódio e comente conosco.

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do décimo segundo episódio, S05E12 – “Ner Tamid”, da quinta temporada de Fear the Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Não é uma novidade por aqui desde que a quinta temporada iniciou que o redator está infeliz com o desenvolvimento da história. Entretanto, o décimo segundo episódio foi absolutamente surpreendente, já que quebrou a sucessão de fracassos dos onze anteriores. Não que Ner Tamid tenha sido uma grande obra de arte. Entretanto, dentro de uma onda ruim de roteiro, conseguiu se sobressair.

Claro, há uma profunda preguiça de trama quando vemos Fear the Walking Dead praticamente copiar a série mãe e inserir um personagem líder religioso em história de vida praticamente igual a do Padre Gabriel que abandona sua congregação a própria sorte. Entretanto, o personagem conseguiu tecer um carisma e apresentar uma versatilidade bem maior na sua estreia do que o Padre teve na série mãe na quinta temporada. Aliás, curioso que ambos os personagens com enredo próximo tenham sido inseridos no mesmo ano das suas respectivas temporadas: o quinto.

Charlie que por muito tempo teve minha antipatia, conseguiu demonstrar camadas. A forma como ela se preocupa em não retornar a ser quem era com os Abutres e a busca incessante por um lar, misturados com os diálogos que pela primeira vez nessa quinta temporada apresentaram profundidade, trouxeram um bom desempenho para a garota. Sua dinâmica religiosa e de princípios foi bem explorada e a relação com Jacob funcionou de forma atraente.

Jacob é quase uma réplica de Gabriel, mas com mais carisma que ele.

June John retornaram aos tempos de ouro e voltaram a funcionar como um casal, sem apelar para a dramaticidade. Viram as necessidades e os dois juntos trabalharam para vencê-las, sem grandes momentos de despedidas infrutíferas. Aliás, novamente nós vemos uma forma diversificada de fugir dos mortos vivos, que vem sendo marca frequente nesse quinto ano (de hélice de avião ao carrinho de controle remoto), o que é uma das poucas coisas de mérito nessa temporada. Toda a sequência da escada adicionou uma leve tensão no ar, embora incomodasse as vezes que qualquer um dos mortos não precisaria muito esforço para alcançar os dois em cima dos carros.

Dwight e Sarah também foram uma boa combinação no décimo segundo episódio. Não sei se irão aproximá-los mais ainda, mas é a típica amizade que daria certo. Sobre esse arco, a única coisa que eu me perguntava era: cadê o Wendell? A última vez que o vimos foi na magnífica cena do episódio oitavo, onde ele faz todo o esforço possível para religar as luzes para sinalizar ao avião que Althea pilota. Sarah até chegou a citar que ele e as crianças estão cuidando dos poços de petróleo, mas a fala foi tão rápida que quase é imperceptível. É estranho que o vínculo tão forte deles tenha sido colocado de escanteio. A dupla é quase um Tom e Jerry, Chewbacca e Han Solo, Marty McFly e Doc Brown ou Woody e Buzz Lightyear, não dá para ver Sarah e não pensar imediatamente no seu irmão Wendell. Então, a desconexão que estão trazendo para eles parece caminhar para uma tentativa de fazê-los aparecer mais na trama e isso significa basicamente uma coisa: um dos dois irá se despedir da história logo.

Mesmo com uma boa química de personagens e uma trama mais palatável, ainda temos alguns pequenos desleixos e erros de roteiro. Até agora não nos foi explicado o motivo do comboio estar buscando um local para chamar de lar se Logan já definitivamente abandonou a fábrica de jeans.

Outra ilógica da trama é o fato de Logan passar todo o momento afirmando que suas reservas de gasolina estão escassas e mesmo assim seguir cruzando o estado do Texas atrás do comboio. Quem tem escassez de recurso, poupa, pela lógica.

Dois personagens que funcionaram muito bem juntos.

Já na trama de Charlie, temos dois momentos incômodos: o primeiro deles se dá no fato de que, John e June são praticamente como pais da garota desde o final da quarta temporada. De repente, temos uma cena vexatória em que Dwight diz estar faltando alguém no grupo de 38 pessoas e ninguém se dá conta que Charlie está ausente. É sério mesmo que uma pessoa – ainda mais sendo uma adolescente, de quem os adultos responsáveis dificilmente tiram os olhos – que faz parte do núcleo do grupo é simplesmente esquecida, como se fosse uma nova conhecida? E em segundo plano, quando June e ela conversam pelo rádio a conversa é rápida e sucinta, com a garota os chamando para conhecer o local onde está. Logo depois ela desliga e vai ajudar o rabino com os walkers. Surpreendentemente, na sequência, o casal já está no local. Charlie nem mesmo deu pistas de onde o templo ficava. Como eles chegaram lá?

Eu não consigo definir se o êxito desse episódio é pelos seus antecessores serem péssimos, se pela ausência de personagens que carregam uma trama maçante (Morgan Alicia por exemplo), se pela combinação das duas coisas, ou se de fato ele seria um bom episódio mesmo numa boa temporada.

E você, o que achou do episódio? Animado para o desfecho da história? Comente abaixo e vote na enquete.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Destaque

Novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead (LEGENDADO)

O novo trailer da sexta temporada de Fear the Walking Dead foi divulgado na San Diego Comic-Con, confira as novas cenas legendadas.

Publicado há

em

AMC divulgou um novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead, hoje, no seu painel na San Diego Comic-Con @ At Home.

As novas cenas da sexta temporada mostram Morgan Jones tentando sobreviver, porém pode não ser por muito tempo, já que ele está sendo caçado.

O trailer também veio para mostrar que os primeiros episódios da volta de Fear The Walking Dead já foram gravados antes que a produção precisasse parar.

“Acho que estamos realmente empolgados na 6ª temporada, porque todo mundo se separou e já ouvimos Ginny mencionar o fato de que ela tem alguns assentamentos sob seu controle. Ela é como um colonizador”, o showrunner Andrew Chambliss disse anteriormente à Entertainment Weekly“Ela é como alguém que franquia esses assentamentos e entra e conserta as coisas e então toma o controle. Mas isso significa que vamos ver muitos lugares diferentes e ter muitos sabores diferentes e seremos capazes de mergulhar realmente profundamente com nossos personagens.”

Além de Andrew, Ian Goldberg também revelou que essa será uma temporada mais sombria e misteriosa, com um foco na vida dos personagens e o que está acontecendo com eles nas comunidades da Virginia.

LEIA TAMBÉM:
REVELADA A DATA DE ESTREIA DA 6ª TEMPORADA DE FEAR THE WALKING DEAD

O produtor executivo, Scott Gimple disse que a estrutura da série irá “mudar um pouquinho”.

A 6ª temporada de Fear the Walking Dead estreia dia 11 de Outubro, mas ainda não se sabe quando a série poderá voltar a ser gravada por conta da pandemia.


Legendas por: Letícia Paulini / Equipe Fear the Walking Dead Brasil

Continue lendo

Destaque

Revelada a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Confira a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead nos EUA. A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada.

Publicado há

em

A AMC anunciou na Comic-Con @ Home que a 6ª temporada de Fear the Walking Dead vai estrear na noite de 11 de outubro de 2020.

A sexta temporada de Fear the Walking Dead explora o que aconteceu com a família improvável, unida pela missão de ajudar os necessitados. Depois de serem separados por Virgínia e os Pioneiros, o grupo agora está espalhado ao longo das comunidades.

A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada. Desde a segunda metade da quarta temporada, o AMC Brasil optou por exibir a série em datas diferentes dos EUA. Na 5ª temporada, eles começaram a exibir a série após 3 episódios já terem sido lançados em solo americano. Não sabemos se isso será mantido ou se eles voltarão a exibir a série simultaneamente.

Ansiosos pelo retorno de Fear the Walking Dead? O que você gostaria de ver na sexta temporada? Quais são suas expectativas? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Continue lendo

Destaque

Assista ao painel de Fear the Walking Dead na Comic-Con @ Home

Confira o painel completo de Fear the Walking Dead na San Diego Comic-Con 2020. O evento acontece de maneira virtual por conta da pandemia.

Publicado há

em

imagem promocional de fear the walking dead na Comic-Con @ Home

A San Diego Comic-Con deste ano acontece de maneira virtual e totalmente gratuita. O evento presencial precisou ser cancelado por conta da pandemia de Coronavírus e todos os painéis foram gravados com antecedência pelos estúdios e estão sendo lançados na íntegra de acordo com a programação.

Como de costume, as séries do universo The Walking Dead – The Walking Dead, Fear the Walking Dead e The Walking Dead World Beyond – comandam a sexta-feira da Comic-Con @ Home.

O painel de Fear the Walking Dead é focado na 6ª temporada, que estreia ainda este ano. A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

Palestrantes: Lennie James (Morgan), Alycia Debnam-Carey (Alicia), Colman Domingo (Strand), Danay Garcia (Luciana), Karen David (Grace), Jenna Elfman (June) e Rubén Blades (Daniel), Andrew Chambliss (showrunner), Ian Goldberg (showrunner) e Scott M. Gimple (chefe de conteúdo do universo The Walking Dead).
Moderador: Chris Hardwick
Horário: 16h (horário de Brasília)

Assista ao painel de Fear the Walking Dead:

ATENÇÃO: O vídeo só vai aparecer no player abaixo às 16h!

LEIA TAMBÉM:
Assista ao painel de The Walking Dead na Comic-Con @ Home
Assista ao painel de The Walking Dead World Beyond na Comic-Con @ Home

Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

EM ALTA