Siga-nos nas redes sociais

Série

Adam Davidson fala sobre os acontecimentos em “So Close, Yet So Far”

Publicado há

em

O diretor Adam Davidson achou que o episódio piloto da nova série não fosse agradar os fãs da série-mãe, afinal, os zumbis tomam de conta da série original do AMC, o que faz sentido porque o mundo já estava infestado por zumbis quando a série se iniciou. Mas, uma vez que Fear the Walking Dead acontece no momento em que a crise de zumbis começa, Davidson e os criadores da série Robert Kirkman e Dave Erickson fizeram a escolha consciente de tratar os mortos-vivos ainda como uma ameaça iminente e que não estão no centro da série. “Sei que isso é frustrante para algumas pessoas da audiência,” disse Davidson. “O que me intriga é tentar diminuir um pouco o ritmo e tentar mostrar os momentos em que o mundo está descobrindo aquilo. Ninguém sabe que não são mais pessoas ali – ainda são seres humanos. Se você matar um e a cura for descoberta amanhã, a polícia iria te prender.”

Fear the Walking Dead quebrou recordes de audiência quando o piloto foi ao ar na semana passada. E Davidson manteve o ritmo no segundo episódio (ele dirigiu os três primeiros episódios), ao mesmo passo em que deu aos famintos por zumbis o que eles queriam – uma morte de um personagem principal. A cena aparece na primeira parte do episódio, quando Madison (Kim Dickens) faz uma busca por suprimentos na escola onde trabalha – que havia sido fechada enquanto LA lidava com o surto do vírus misterioso que rapidamente se desenvolvia – e encontra seu amigo e colega de trabalho Art (Scott Lawrence). Infelizmente ele havia deixado de ser aquele homem paciente e gentil e se transformado em um monstro faminto por carne humana. Davidson falou sobre a feitura de tensa sequência e da cena da grande revolta do episódio.

Furor Escolar

ftwd102_0020

Uma vez que a briga entre Madison e Art seria a primeira sequência significativa de humano x zumbis na série – sem contar que seria a primeira cena de ação com Dickens – o time criativo queria garantir que o momento ressoasse. Por isso eles escolheram o adorável Lawrence como zumbi em vez de um figurante anônimo. “Foi bem chato ver o Scott partir,” Davidson disse. “Mas essa era a intenção. O fato de ser alguém que ela conhece e se importa deu um peso emocional extra.”

O diretor disse que Dickens foi funda na cena e fez toda a ação por conta própria. “É um grande momento para Kim. Nós quisemos de verdade aumentar o suspense mostrando o quão perto ela ficaria dele, perto o suficiente para olhar nos olhos dele e ver que já não era mais ele ali.” E uma vez que Madison descobriu que a criatura já não era mais Art ela ainda teve que arranjar uma forma de matá-lo… o que não é uma tarefa fácil uma vez que o “tiro da morte” ainda não é popular entre os não infectados. “Não é fácil matar essas criaturas porque ela são recém transformados. E também Madison tinha deixado o pé-de-cabra na sala onde estava, por isso quando ela ver o extintor é puro instinto e ela sem pensar ataca Art com ele.”

É claro que enquanto filmou a cena Dickens usou um extintor de borracha para atacar seu amigo zumbi, mas quando ela entrou no set pela primeira vez ela treinou seus movimentos com um extintor de verdade. “Ela queria entender como sentiria aquilo em suas mãos, o peso e como faria para balançá-lo. Ela é muito boa nos mais diferentes níveis.”

A maioria das cenas escolares no episódio piloto foram filmadas dentro de uma escola real de ensino médio em LA, Woodrow Wilson High, onde o nativo de LA Davidson disse lembrar de ter jogado futebol americano durante seus anos no time do colégio. Mas a produção se mudou para Vancouver para o restante da temporada, onde a Killarney Secondary School substituiu a Wilson. Embora os espectadores provavelmente não notem a diferença na tela, Davidson disse que, nos bastidores, a equipe de Fear the Walking Dead se maravilhou com as diferenças entre os colégios nos EUA e no Canadá. “Nós levamos os canadenses para LA para mostrar a eles a escola que usamos no piloto,” ele lembrou. “Eles não conseguiam superar as barras nas janelas e as gaiolas de ferro em volta das máquinas de lanches. No Canadá, você pode comer tudo na lanchonete da escola. Nas escolas de LA você nem quer ir nas lanchonetes!”

Pânico nas Ruas

ftwd102_1968

No momento em que os roteiristas estavam escrevendo o roteiro para o segundo episódio, o conflito entre polícia e manifestantes em Ferguson, Missouri estavam sendo noticiados na TV e nos jornais. Aqueles acontecimentos acabaram influenciando o roteiro e terminaram por mostrar a violência que entra em erupção quando as pessoas de LA se revoltam com a maneira com que a polícia da cidade brutalmente trata a ameaça zumbi. Lembre-se: uma vez que os zumbis são novos nesse universo, até onde os cidadãos sabem, esse é mais um exemplo do abuso de poder da polícia, e é por isso que eles começam aquela manifestação que rapidamente vira violenta. “LA é a cidade com histórico de agitações civis e brutalidade policial, especialmente com Rodney King e nos Tumultos de Watts,” Davidson explicou. “Por isso acho que isso estava bem forte nas mentes dos roteiristas.”

Enquanto Davidson foi capaz de organizar o cronograma de filmagem para que a maioria das cenas gravadas em locais externos fossem filmadas em LA, esse foi um caso em que eles tiveram que dobrar o tempo em Vancouver o máximo possível. Para complicar ainda mais, a revolta tinha que ser filmada no primeiro dia de produção no Canadá, em março desse ano. De início, Davidson não sabia ao certo se eles seriam capazes de encontrar uma vizinhança que fosse convincente o suficiente para se passar pela Cidade dos Anjos. Acima de tudo, ele queria evitar ter que usar um estúdio e um fundo verde para recriar o mundo exterior. “Enquanto pesquisávamos eu ficava olhando em volta e pensando: ‘Nada disso parece com LA. Como é que farei isso?'”

Eventualmente, a equipe se instalou em uma região no centro de Vancouver que transmitia uma leve semelhança com o centro de LA – a sequência foi filmada na Eveleigh Street e em seus arredores, bem como na West Pender Street – e figurantes foram contratados para interpretar os policiais e os revoltados. (Alguns convidados indesejados também apareceram: paparazzi capturaram de longe Dickens e outros atores que visitavam o set em seus dias de folga.) No geral, as filmagens duraram 10 horas sem nenhuma interrupção. Bem, exceto por uma. “Alguns policiais apareceram e estavam com barba,” Davidson afirmou rindo. “Eu falei, ‘Vocês precisam tirar isso! Nenhum policial em LA tem barba.'”

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.


Fonte: Yahoo
Tradução: @OAvilaSouza / Staff Fear the Walking Dead Brasil

Continue lendo
Publicidade
Comentários

6ª Temporada

Episódio 8 da 6ª temporada de Fear the Walking Dead vaza na internet

A AMC lançou antecipadamente o 8º episódio da 6ª temporada de Fear the Walking Dead em seu serviço de streaming e ele acabou vazando.

Publicado há

em

John e Morgan observando em imagem do 8º episódio da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

A 6ª temporada de Fear the Walking Dead retorna no próximo domingo, 11 de Abril, mas o AMC, na tentativa de atrair mais assinantes para seu serviço de streaming, lançou o oitavo episódio – S06E08: “The Door” – uma semana antes no AMC+. O resultado? O episódio acabou vazando na internet.

Essa não é a primeira vez que séries do Universo The Walking Dead tem seus episódios – ou informações sobre eles – distribuídas na internet antes da hora. Não precisamos ir muito longe, no ano passado todos os episódios da 10ª temporada de The Walking Dead também sofreram vazamento pois foram disponibilizados alguns dias antes de seus lançamentos na TV.

É importante lembrar que o Fear the Walking Dead Brasil não incentiva a pirataria, mas precisamos informar sempre quando ela acontece. Por mais ansiosos que vocês possam estar, não deixem de apoiar o canal que exibe a série no Brasil e, consequentemente, o trabalho dos atores e produtores quando o episódio for oficialmente ao ar.

Parte 2 da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Após Morgan (Lennie James) enfrentar uma série de desafios para convencer os membros restantes do grupo a se unirem por sua liberdade desafiando Virginia (Colby Minifie), ela segue em seu pior momento, a procura da irmã e da proteção para suas terras. Agora, inimigos internos e externos, a desafiam de maneira ousada. Mas quais serão as consequências de suas escolhas?

Fear the Walking Dead é estrelado por Alycia Debnam-Carey, Colman Domingo e Ruben Blades em sua primeira temporada. Durante as recentes temporadas, os veteranos de The Walking Dead, Lennie James, Austin Amelio e Christine Evangelista se juntaram a série como parte de histórias cruzadas. Maggie Grace, Danay Garcia, Garret Dillahunt, Jenna Elfman, Alexa Nisenson e Colbie Minifie também desempenham papéis importantes na série.

Continue lendo

7ª Temporada

Gravações de Fear the Walking Dead indicam retorno de personagem

Aguardado retorno de Madison Clark ganhou mais força com início da produção da 7ª temporada de Fear the Walking Dead.

Publicado há

em

victor, alicia, madison, nick e luciana na estrada em cena da 4ª temporada de Fear the Walking Dead

Fear the Walking Dead está retornando a Round Rock, no Texas, para uma série de gravações da 7ª temporada do spinoff de The Walking Dead. As informações são do site ComicBook. O interessante sobre essa informação é que este é o mesmo lugar onde vimos pela última vez a primeira protagonista do programa: Madison Clark (Kim Dickens).

A série foi filmada pela primeira vez em Austin e na 4ª temporada chegou às proximidades de Round Rock, onde os sobreviventes instalaram uma base em um estádio de baseball – local onde Madison, supostamente, morreu em um incêndio. Os boatos sobre um possível retorno da personagem recorrentemente vêm à tona entre os fãs do show, uma vez que nunca vimos, de fato, o corpo da protagonista. A informação nunca foi negada pelos envolvidos em FearTWD.

Segundo comunicado no site oficial da cidade de Round Rock, as filmagens na cidade retornam a partir do dia 2 de fevereiro. A Chisholm Trail Road estará fechada entre Old Settlers Boulevard e US 79 das 7h às 21h na terça-feira. A produção da AMC solicitou fechamento para filmar uma cena para a próxima temporada. Vale lembrar que no midseason finale da sexta temporada de Fear the Walking Dead, Alicia (Alycia Debnam-Carey) fez referência ao local quando cogitou retornar ao estádio para escapar de Virginia (Colby Minifie).

LEIA TAMBÉM:
O destino de Madison: Fear the Walking Dead acertou em matar sua protagonista?

Teorias sobre o retorno de Madison em Fear the Walking Dead

Existe um forte rumor de que Madison pode retornar em breve à Fear the Walking Dead que teve início logo no primeiro episódio da sexta temporada. Morgan (Lennie James) foi baleado por Virginia no último episódio da temporada anterior e morreria se não fosse salvo por uma pessoa misteriosa. Não existe nenhum sinal de quem é este herói desconhecido e, por isso, os fãs alimentam a teoria de que pode ser a mãe de Alicia.

“Sempre há uma chance [de volta de Madison]”, disse o showrunner Ian Goldberg ao ComicBook.com em novembro. “Não podemos dizer muito mais sobre quem salvou Morgan. Vimos que foi alguém com um motivo oculto que disse que Morgan ainda tinha coisas a fazer. É alguém que Morgan não conhece”.

Scott M. Gimple, produtor executivo de Fear e diretor de conteúdo do Universo The Walking Dead, mais tarde diria aos fãs para “manter a esperança viva” em meio às suspeitas de que Madison Clark retornará. Quando os produtores Goldberg e Andrew Chambliss foram questionados à queima-roupa sobre um renascimento de Madison, Goldberg disse ao Insider: “Bem… nunca vimos o corpo dela. E a própria Madison disse: ‘Ninguém vai até que se vá'”.

A própria Kim Dickens já falou sobre o retorno da personagem: “Acho que os fãs ainda estão chateados [com a morte da Madison], mas é da natureza. Você pode acabar morrendo do nada. E também pode acabar retornando a qualquer momento. Ela poderia ter escalado as paredes. Madison tinha filhos do outro lado dos muros, então é claro que ela daria um jeito de chegar a eles”.

A 6ª temporada de Fear the Walking Dead retorna no dia 11 de abril!

Continue lendo

Destaque

Fear the Walking Dead é renovada para a 7ª temporada

O anúncio da 7ª temporada de Fear the Walking Dead foi feito através de um teaser divulgado nas redes sociais oficiais da série.

Publicado há

em

morgan armado em imagem da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Fear the Walking Dead foi renovada para sua 7ª temporada pela AMC. O anúncio foi feito através de um teaser divulgado nas redes sociais oficiais. A série de zumbi está atualmente na metade da 6ª temporada, que está em hiatos, tendo transmitido seu episódio final em novembro, um episódio a menos de sua meia temporada de 8 episódios originalmente planejada devido aos atrasos enfrentados na produção por causa da pandemia do Coronavírus.

A nova temporada começará sua produção em 2021 e provavelmente irá ao ar no final de 2021 ou no início de 2022. Nenhuma data oficial foi confirmada, nem para produção ou lançamento. Ainda existem 9 episódios restantes da 6ª temporada, que voltarão a ser exibidos no início do próximo ano.

O produtor executivo e diretor de conteúdo Scott M. Gimple falou sobre os próximos episódios de FTWD:

“Só vou dizer que o S06E08 é um grande episódio, apenas as ramificações, a emoção, a intensidade disso…”, comentou Gimple. “Eu sei por que não o fizemos. Foi por causa de… Mas acabei de ver o corte totalmente acabado, tudo o que podíamos juntar, e mal posso esperar que as pessoas vejam. É um episódio muito, muito bom. E há algumas sequências ali nas quais ainda penso, que eu sabia que estavam na página. Tínhamos conversado sobre eles.”

LEIA TAMBÉM:
Produtor revela se veremos Rick Grimes em The Walking Dead: World Beyond

Fear the Walking Dead é estrelado por Alycia Debnam-Carey, Colman Domingo e Ruben Blades em sua primeira temporada. Durante as recentes temporadas, os veteranos de The Walking Dead, Lennie James, Austin Amelio e Christine Evangelista se juntaram a série como parte de histórias cruzadas. Maggie Grace, Danay Garcia, Garret Dillahunt, Jenna Elfman, Alexa Nisenson e Colbie Minifie também desempenham papéis importantes na série muitas vezes dirigida por Michael Satrazemis e Michael Cudlitz, junto com Domingo e James.

Para os fãs que esperam ver Kim Dickens retornar ao seu papel como Madison – que foi dada como morta na 4ª temporada de Fear the Walking Dead – Gimple os incentiva a “manter a esperança viva”, já que as conversas parecem estar acontecendo nos bastidores.

“Existem várias questões [dos fãs] sobre Madison,” Gimple admite “E é realmente verdade que estamos chutando muitas coisas, não apenas dentro de… Conversamos sobre FTWD. Tivemos conversas sobre Tales of the Walking Dead, e até mesmo dentro The Walking Dead. Existem todos os tipos de possibilidades. Investigamos muito esse passado nas histórias, especialmente em Tales of the Walking Dead. Então, se tudo acontecesse, seria incrível, mas há algumas coisas flutuando ao redor que são realmente incríveis.”

Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

EM ALTA