Siga-nos nas redes sociais

Destaque

REVIEW FEAR THE WALKING DEAD S03E08 – Children of Wrath: Passado hereditário

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do oitavo episódio, S03E08 – “Children of Wrath”, da terceira temporada de Fear the Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Na primeira parte vimos o rancor gerado por ações praticadas no passado, neste episodio veremos as reações que esses mesmos rancores desencadearam. Jeremiah é a causa dos problemas atuais da colônia.

Em uma lembrança de Ofélia temos a visualização de quando ela estava no deserto morimbunda e de Jeremiah Otto, sempre racista e elitista, atirando contra ela, achando que ela era mais uma imigrante mexicana ilegal tentando entrar em suas terras, para atravessar a fronteira americana. Quando ele percebe que ela é cidadã americana, ele a deixa ir e lhe oferece um misero gole de água, mas se recusa a abrir sua casa para ela por causa da cor da pele.

Ofélia segue a míngua pelo deserto e já a beira da morte tem alucinações com seu pai, essa alucinação de Daniel tenta ajudá-la a permanecer viva, e a impede de que cometa erros primordiais sobre a sobrevivência no deserto. Ao ficar sem forças para continuar Ofélia se enterra sobre uma rala vegetação e Walker a encontra à beira da morte e a traz de volta à reserva, onde ela é curada, banhada, vestida, alimentada e bem vinda.

Voltando aos tempos atuais, no dia seguinte a bagunça vivida no Rancho, enquanto todos tentam se recuperar do caos da noite anterior, Madison ao ver a piora da saúde de Nick, interroga Ofélia sobre o que ela colocou na refeição dos milicianos para que eles adoecessem.

Madison, para salvar seu filho, vai ao acampamento de Walker levando consigo Ofélia. Em pé diante de Walker, e com uma arma apontada para a cabeça de Ofélia, Madison o pega desprevenido e exige o que Ofélia usou para fazer com que todos adoecessem. Mesmo sem se preocupar com sua vida, ela avisa que seu filho Nick está doente também e que não se importará em morrer, desde que salve seu filho. Madison ativa o modo mãe leoa super protetora mais uma vez, (mesmo que Kim Dickens seja uma excelente atriz suas expressões são sempre as mesmas, mas nessa cena, confesso, o olhar penetrante que Dickens lançou a Walker me fez esquecer que ali se encontrava a atriz, só pensava nela como Madison) e por está atitude desperta o respeito de Walker por Madison e ele entende que ela fará de tudo para conseguir o que quer. Walker permite que ela volte ao Rancho com a informação que ela procura: que o agente que Ofélia colocou para os milicianos era antraz, cultivado na pele dos porcos. Walker avisa que não há cura para este mal, mas que se Nick for forte – e ele está provado uma e outra vez que ele é – ele vai sobreviver. Como Nick mesmo diz, ele é imune a morte.

Enquanto se recupera na enfermaria, Nick lembra-se de algo que o patriarca dos Ottos murmurou quando estava bêbado e atirou no chão da casa queimada e mesmo convalescente Nick se levanta e vai a casa, puxa as tábuas do chão em que Jeremiah atirou três vezes e escava na terra e encontra algo enterrado.

Ele confronta Jeremiah com sua descoberta: um crânio marcado por um único tiro de bala, um fantasma que Jeremiah tentava e gostaria que continuasse enterrado, pois depois que os Ottos ganharam a terra, “os jovens” da tribo de Walker, continuavam a lhes causar problemas, invadindo as terras do Rancho e matando seus amimais. Assim, os pais fundadores da fazenda esperaram que eles voltassem durante uma tocaia á noite e escondidos entre o gado, mataram três deles – incluindo o tio de Walker.

O crânio, no entanto, é do pai de Walker, que veio ver o que aconteceu com seu irmão e acabou levando o mesmo fim dos três jovens da reserva, uma bala no centro de sua cabeça, disparada pelo seu algoz, Jeremiah.

É muito evidente nesse ponto da série que os Ottos viviam em uma bolha, que não os deixava enxergar que a sociedade estava mudando, talvez seja uma forma encontrada de criticar o cenário político atual, levando a série para a fronteira e utilizando a visão de racismo e preconceito aliadas ao patriotismo exagerado de Jeremiah. Pois mesmo que a civilização antes do apocalipse se movesse em direção ao futuro, isso não acontecia nas terras do Rancho, pois lá eles vivem em torno de velhos pilares sociais do racismo e sua versão do patriotismo.

Jeremiah não está disposto a mudar seu modo de vida, mesmo após o apocalipse começar. Seu ódio e seu orgulho é tão grande que ele não consegue se adaptar as mudanças que ocorreram , ele não enxerga mais que as velhas leis não se aplicam mais. No entanto, sempre que ele e seus filhos tentam seguir suas velhas crenças, acreditando que as velhas regras ainda se aplicam ao resto do mundo, eles são engolidos pela nova ordem mundial. Isso faz de Madison a melhor sobrevivente em relação ao Patriarca dos Ottos. Seu objetivo em todos os momentos é garantir um futuro para sua família, e o mesmo vale para Walker. Jeremiah aparenta fazer o mesmo pela sua família, porém faz realmente para a sua sobrevivência pessoal.

Mais uma vez, manipulando e recrutando Troy, Madison e Alicia retornam a reserva em outra missão para tentar barganhar com Walker, e roubam um trailer cheio de artefatos e os ossos de seus antepassados. O rancho é rapidamente cercado pela tribo, e os Ottos precisam tomar uma decisão.

Nick revela o crânio para Madison e Alicia. Sua irmã fica mais convencida de que eles estão lutando no lado errado, já que durante sua estadia como refém da reserva Alicia conheceu a versão dos fatos do lado de Walker e mesmo morando no Rancho, não o considera tão errado assim, e quando ela descobriu como sua mãe, irmão e Jeremiah encobriram o assassinato cometido por Troy dos Trimbol, fica revoltada e questiona a lucidez de sua mãe, e diz que não a reconhece mais.

Por conta disso, acabamos por conhecer um pouco mais sobre o passado de Madison: quando jovem, ela ficou cansada de ver seu pai alcoólatra bater em sua mãe então ela o matou com um tiro na cabeça. É algo assustador de seu passado e que mesmo que ela não gostaria de revelá-lo foi necessário e ela sabe que é um fardo que ela terá que carregar para sempre.por conta desse fato, talvez possamos entender um pouco mais o por que de Madison sem assim, uma pessoa pacata que ajuda alunos a resolverem seus problemas, a uma pessoa que manipula e vai em busca de seus próprios anseios quando é necessário. Uma mãe que faz de tudo para garantir a segurança de sua família.

Madison se vê em uma encruzilhada agora, já que os Ottos estão cercados e então ela tenta outra tentativa de negociação com Walker, mesmo sabendo que ele disse a Jake que não poderiam fazer um acordo.

Acuada ela vai ao escritório de Jeremiah e, assombrada por seu passado e vendo que ele começará seu ritual do ela o ameaça em uma conversa sobre o que ele quer deixar de legado para seus filhos. Ela pede que ele cometa suicídio forçado, puxando o gatilho ele próprio como forma de compensar todas as suas falhas como pai. O fim do legado de Jeremiah se aproxima. Mas ele não está disposto a desistir do seu trono no Rancho, então ele deve ser removido por força. Então como uma forma de reviver o passado, Nick, entra na sala e atira em Jeremiah, poupando a mãe de mais um fardo e já que sua relação com Jeremiah era praticamente paternal, ele revive a cena de Madison e seu pai.

E, após montar uma suposta cena de suicídio, ela entrega pessoalmente parte da cabeça de Jeremiah a Walker como sinal de boa fé e então, aparentemente surge uma relação de confiança entre os dois e a paz, ainda pouco palpável e cheia de mentiras, reina no Rancho e na Reserva.

Sobre Strand, resolvi escrever um pouco a parte e no final do resumão, pois para mim, ele é um dos melhores personagens na série e seu ressurgimento após ser abandonado por Salazar, evidenciou que, ele deixara de ser o extravagante e excêntrico Victor que só pensa em si mesmo, para ressurgir como um novo homem.

Após ser abandonado e fugir as pressas e sem armas dos infectados, Victor Strand tem um reencontro com seu lindo iate Abigail, que está á deriva em uma praia, bem próximo a areia. Após nadar um pouquinho, ele tem que lutar contra infectados que possuíram o barco, ao se ver só no barco, ele reencontra seu paletó branco e o veste enquanto toma champanhe relembrando seus dias de riqueza e luxo. Após acordar, ele começa a brincar com o dial do rádio e acaba por contatar um cosmonauta russo que está preso em seu túmulo, pois não terá como retornar a Terra, e sabe que aqui em baixo as coisas estão bem complicadas. Depois de várias citações e referencias a autores e filósofos conhecidos, Victor se vê revigorado e pronto para não desistir de sua vida, e que sua vida só acabará quando ele não mais respirar. Neste momento ele toma a atitude de recomeçar e coloca fogo em seu velho barco, como sinal de que: o velho mundo pode estar morto, mas a vida continua, marcando o fim de sua vida antiga – e um recomeço todo novo para um futuro inesperado.

O que você achou do oitavo episódio? Abaixo, temos um espaço para você opinar e comentar livremente – dentro da moral da boa vizinhança – sobre a série, os episódios e todas as suas teorias.

Fiquem ligados no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Destaque

Novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead (LEGENDADO)

O novo trailer da sexta temporada de Fear the Walking Dead foi divulgado na San Diego Comic-Con, confira as novas cenas legendadas.

Publicado há

em

AMC divulgou um novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead, hoje, no seu painel na San Diego Comic-Con @ At Home.

As novas cenas da sexta temporada mostram Morgan Jones tentando sobreviver, porém pode não ser por muito tempo, já que ele está sendo caçado.

O trailer também veio para mostrar que os primeiros episódios da volta de Fear The Walking Dead já foram gravados antes que a produção precisasse parar.

“Acho que estamos realmente empolgados na 6ª temporada, porque todo mundo se separou e já ouvimos Ginny mencionar o fato de que ela tem alguns assentamentos sob seu controle. Ela é como um colonizador”, o showrunner Andrew Chambliss disse anteriormente à Entertainment Weekly“Ela é como alguém que franquia esses assentamentos e entra e conserta as coisas e então toma o controle. Mas isso significa que vamos ver muitos lugares diferentes e ter muitos sabores diferentes e seremos capazes de mergulhar realmente profundamente com nossos personagens.”

Além de Andrew, Ian Goldberg também revelou que essa será uma temporada mais sombria e misteriosa, com um foco na vida dos personagens e o que está acontecendo com eles nas comunidades da Virginia.

LEIA TAMBÉM:
REVELADA A DATA DE ESTREIA DA 6ª TEMPORADA DE FEAR THE WALKING DEAD

O produtor executivo, Scott Gimple disse que a estrutura da série irá “mudar um pouquinho”.

A 6ª temporada de Fear the Walking Dead estreia dia 11 de Outubro, mas ainda não se sabe quando a série poderá voltar a ser gravada por conta da pandemia.


Legendas por: Letícia Paulini / Equipe Fear the Walking Dead Brasil

Continue lendo

Destaque

Revelada a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Confira a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead nos EUA. A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada.

Publicado há

em

A AMC anunciou na Comic-Con @ Home que a 6ª temporada de Fear the Walking Dead vai estrear na noite de 11 de outubro de 2020.

A sexta temporada de Fear the Walking Dead explora o que aconteceu com a família improvável, unida pela missão de ajudar os necessitados. Depois de serem separados por Virgínia e os Pioneiros, o grupo agora está espalhado ao longo das comunidades.

A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada. Desde a segunda metade da quarta temporada, o AMC Brasil optou por exibir a série em datas diferentes dos EUA. Na 5ª temporada, eles começaram a exibir a série após 3 episódios já terem sido lançados em solo americano. Não sabemos se isso será mantido ou se eles voltarão a exibir a série simultaneamente.

Ansiosos pelo retorno de Fear the Walking Dead? O que você gostaria de ver na sexta temporada? Quais são suas expectativas? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Continue lendo

Destaque

Assista ao painel de Fear the Walking Dead na Comic-Con @ Home

Confira o painel completo de Fear the Walking Dead na San Diego Comic-Con 2020. O evento acontece de maneira virtual por conta da pandemia.

Publicado há

em

imagem promocional de fear the walking dead na Comic-Con @ Home

A San Diego Comic-Con deste ano acontece de maneira virtual e totalmente gratuita. O evento presencial precisou ser cancelado por conta da pandemia de Coronavírus e todos os painéis foram gravados com antecedência pelos estúdios e estão sendo lançados na íntegra de acordo com a programação.

Como de costume, as séries do universo The Walking Dead – The Walking Dead, Fear the Walking Dead e The Walking Dead World Beyond – comandam a sexta-feira da Comic-Con @ Home.

O painel de Fear the Walking Dead é focado na 6ª temporada, que estreia ainda este ano. A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

Palestrantes: Lennie James (Morgan), Alycia Debnam-Carey (Alicia), Colman Domingo (Strand), Danay Garcia (Luciana), Karen David (Grace), Jenna Elfman (June) e Rubén Blades (Daniel), Andrew Chambliss (showrunner), Ian Goldberg (showrunner) e Scott M. Gimple (chefe de conteúdo do universo The Walking Dead).
Moderador: Chris Hardwick
Horário: 16h (horário de Brasília)

Assista ao painel de Fear the Walking Dead:

ATENÇÃO: O vídeo só vai aparecer no player abaixo às 16h!

LEIA TAMBÉM:
Assista ao painel de The Walking Dead na Comic-Con @ Home
Assista ao painel de The Walking Dead World Beyond na Comic-Con @ Home

Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

EM ALTA