Curiosidades

Fear the Walking Dead S04E04: 5 coisas que você pode ter perdido em “Buried”

Publicado há

em


Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do quarto episódio, S04E04 – “Buried”, da quarta temporada de Fear the Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Depois de pegar a audiência desprevenida com a morte de Nick na semana passada, Fear the Walking Dead começou a explicar os eventos que levaram àquele momento – seja nos flashbacks ou nas entrevistas para Althea.

Em “Buried” (Enterrado) tivemos menos ação e mais confusão para os espectadores, que receberam mais peças do quebra cabeça dos Abutres nas pequenas histórias sobre “o dia em que tudo mudou”. No final, continuamos sem saber onde está Madison ou por que Nick se importava tanto com Charlie, e descobrimos que Naomi e Laura são a mesma (misteriosa) pessoa.

Enquanto coçamos a cabeça e esperamos por algumas respostas, que tal dar uma olhada nos 5 detalhes que você talvez tenha perdido em “Buried”? Confira:

1. Os créditos de abertura contam uma história

Diferente de The Walking Dead, Fear tem uma abertura curta e sucinta. Até a temporada passada, o nome aparecia sobre um fundo preto com uma música ameaçadora ao fundo. Mas na quarta temporada fomos surpreendidos por uma música mais simpática, que chega a destoar do tema da série, acompanhada por uma cena que muda a cada semana.

No Talking Dead do episódio 3, os showrunners deram uma dica para os fãs: as aberturas são mais do que um detalhe interessante. Elas estão contando uma história, que só será revelada completamente quando a temporada acabar. O que vimos até aqui:

Episódio 1 – uma pessoa ao lado de uma fogueira à noite, provavelmente John Dorie.
Episódio 2 – uma caravana passando no fundo, possivelmente os Abutres a caminho do Diamond.
Episódio 3 – as flores azuis que Madison e Nick encontraram durante sua busca por suprimentos.
Episódio 4 – há um efeito de interferência na imagem, como se tivesse sido filmada com a câmera de Althea.

Cada abertura mostra uma situação e um horário diferente, e parece se conectar com o episódio da semana, mas todas se passam no mesmo lugar. Será que o local terá um significado mais adiante?

2. De onde era a pedra de Strand?

Durante a conversa com seu possível pretendente, Strand mostra uma pedrinha que guarda consigo para lembrar-se das coisas que já fez, e que não quer se tornar aquele homem novamente.

Victor não dá maiores detalhes, mas é bem provável que a pedra tenha saído da Represa, cenário de vários acontecimentos da terceira temporada e de algumas das muitas atitudes questionáveis do personagem. Alguns episódios atrás ele chegou a comentar com Luciana que Madison o ajudou mesmo depois de tudo que ele fez, reforçando o aparente arrependimento.

Não demorou, no entanto, para Strand mostrar que a pedrinha não estava ajudando muito, já que ele havia escondido um carro cheio de suprimentos para fugir do estádio. “Você quer me conhecer? Este sou eu” diz Victor ao companheiro de viagem, admitindo seu plano de fuga.

3. A história de Mel foi uma referência a The Walking Dead

Enquanto a maior parte do grupo saía em busca de suprimentos, Madison ficou no estádio e aproveitou para ter uma conversa com Mel. Ele contou um pouco de seu passado, quando morava com a família em uma fazenda, e sobre o incêndio que matou todos no lugar, exceto por ele e seu irmão.

Leitores dos quadrinhos podem ter sentido uma sensação de déjà vu, pela semelhança com a história de Philip e Brian Blake, contada no livro “A Ascensão do Governador”. Philip e Brian – ou o Governador e seu irmão – também moraram em uma casa que pegou fogo, matando metade das pessoas que estavam com eles e obrigando-os a fugir.

4. A morte de Nick conectou-se com a 8ª temporada de The Walking Dead

A oitava temporada de The Walking Dead teve um tema que conectou os episódios do início ao fim: o embate entre a ira e a misericórdia, e as consequências de cada uma. Rick começou a temporada cheio de ira e terminou escolhendo poupar a vida de Negan.

Nick deixou que sua ira prevalecesse, apesar do alerta de Morgan, e isso resultou em sua morte como retaliação por ter assassinado o Abutre que cuidava de Charlie. E neste episódio, Morgan sugeriu que o corpo de Nick fosse enterrado aos pés de uma árvore, já que ele “gostava de plantar”, uma breve referência à cena em que Rick se senta aos pés de uma árvore e fala “minha misericórdia prevaleceu sobre minha ira”.

5. Morgan e as coincidências entre seus velhos e novos amigos

Aos poucos o passado de John Dorie está se revelando. Neste episódio descobrimos que a mulher que ele tanto procura, Laura, já esteve com o outro grupo se apresentando como Naomi, e que ela parece estar fugindo de mais coisa além do pobre John.

Além do passado de Laura, John revelou em uma conversa com Morgan que foi policial antes do apocalipse, e contou sobre um colega que foi impactado por um confronto a mão armada. Morgan dá um leve sorriso com a história, lembrando de seu velho amigo policial Grimes.

Fear the Walking Dead vai ao ar LEGENDADO aos domingos, às 22h30, e DUBLADO as segundas, às 23h30, no AMC Brasil. Consulte sua operadora de TV para mais informações.

Fiquem ligados no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.

Comentários

EM ALTA

2015-2020 | Fear the Walking Dead Brasil - Sua maior e melhor fonte brasileira sobre Fear the Walking Dead.

Sair da versão mobile