Siga-nos nas redes sociais

Destaque

Review Fear the Walking Dead S05E06 – The Little Prince: Do avião ao balão

The Little Prince foi o sexto episódio da quinta temporada de Fear the Walking Dead. Venha conferir a nossa crítica ao episódio e comente conosco.

Publicado há

em

Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do sexto episódio, S05E06 – “The Little Prince”, da quinta temporada de Fear the Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Após uma melhora considerável na quinta semana a temporada de número cinco de Fear the Walking Dead retrocedeu um pouco em questão de avanço, mas reservou alguns bons momentos para a audiência.

Centrado praticamente em sua totalidade na reforma de um avião, The Little Prince começou com um discurso de Morgan para as crianças, tentando motiva-las a estarem com eles. O discurso foi importante para que finalmente a trama explicasse os motivos da necessidade de um avião para que os personagens se locomovessem. A grande pergunta que fica é: eles precisavam ter enrolado a audiência por seis episódios para dizer que os sobreviventes precisavam do avião pois as estradas e pontes estavam interrompidas? Até então víamos o grupo buscar desesperadamente por uma aeronave sem termos razões para tanto.

Muito embora tenha explicado o motivo, me pareceu frágil pensar que os personagens ficaram no local por não terem um avião. Morgan já atravessou os Estados Unidos caminhando assim como alguns outros já caminharam do México ao estado norte americano e não vejo por qual motivo eles não poderiam repetir o feito se precisavam tanto retornar para casa. Fora que a distância nem era tanta assim, pois ficou evidente na cena do balão que a única coisa que os separava era uma montanha.

Mas, além de apresentar razões para um avião, o discurso de Morgan teve uma péssima montagem técnica, retratando filmes de heróis dos anos oitenta, onde dois grupos se encaram, enquanto uma voz narra os grandes feitos heroicos daquele grupo. Fora que, a narrativa motivacional de Morgan para as crianças não adiantou de nada, já que mesmo assim ao final do episódio elas foram todas embora.

Os Vingadores contra Liga da Justiça?

Toda a trama com Grace desenvolvida com Morgan parece que finalmente fixou os eixos centrais dessa primeira metade de temporada, delimitando os riscos que a radiação traz para um apocalipse. Contudo, não fica bem claro o comprometimento dela com a restauração da usina, uma vez que não há muito o que se fazer para conter a contaminação.

A conversa entre Alicia Annie foi um dos pontos altos do episódio, uma vez que a garota fez a jovem Clark se ver em um espelho de responsabilidades e deveres com aqueles que perdeu. Por mais confusa que soou a história narrada pela criança, a morte dos adultos do acampamento se ligou de forma quase que orgânica com o enredo da radiação.

Dwight John continuam a busca por Sherry que depois de fazer o marido atravessar os Estados Unidos e tê-lo feito de bobo atrás de pistas de seu paradeiro, resolveu que não queria mais vê-lo novamente. O grau de irritação que esse momento desenvolveu em mim foi imensurável. Além de não fazer qualquer nível de sentido o fato de Sherry não aguardá-lo em um ponto fixo e ficar jogando-o aos quatro ventos atrás dela, a desistência do reencontro depois de tanto desgaste emocional e físico é inconcebível. E com certeza a pior parte da carta deixada por ela é quando ela pede para que ele fique bem sem ela. Se o homem deixou tudo o que tinha para trás para encontra-la, obviamente isso significa que agora ela é o tudo que ele tem. Ou seja, ela lhe tirando isso, o faz não ter motivos para continuar tentando. Qual a lógica de Sherry?

O episódio finaliza com Strand Charlie chegando de balão (em formato de cerveja) para resgatar os amigos, no entanto, sofrem um acidente e acabam cercados pelos walkers radioativos.

A confusa métrica da trama da usina começa a se desenrolar de forma mais orgânica.

Embora bastante esclarecedor em muitos pontos, The Little Prince trouxe diversos momentos do absurdo. Althea mais uma vez se mostra a sabe tudo, tendo mais profissões oficiais do que a Barbie teve ao longo de sua existência. O rol de conhecimentos da jornalista vai de pilotagem de aviões até a mecânica, retornando para alpinismo e funcionamento de ondas de rádio. O que ela não sabe fazer? Por mais que ela seja uma personagem forte e interessante (tornando-se uma das minhas favoritas desde o quarto ano) precisa urgentemente demonstrar mais vulnerabilidade, antes que a audiência a eleve a um tipo de Chuck Norris do pós-apocalíptico.

É bonito que Jimm esteja sendo tão útil até essa altura da história (mais útil e recorrente do que a própria Madison), mas a cena do balão que parecia ser criada para trazer um ar de esperança, alavancou-se rapidamente para uma espécie de comédia dramática. Não sei dizer se foram os efeitos mal feitos, as questionáveis atuações, o fato de que ficou visível que não era mais que 20 km que separavam os personagens uns dos outros e que a desculpa dada para o avião no começo do episódio ficou difícil de engolir ou se foi o conjunto da obra, mas eu esbocei uma risada prolongada ao acompanhar a cena.

É louvável que Fear se interesse em trazer momentos estranhos ao que é comum no mundo apocalíptico zumbi. Só nessa temporada já tivemos aviões, alpinismo, radiação e agora um balão voador (em formato de cerveja) que levam a trama para momentos surpreendentes para a audiência. O único porém é que eles precisam cuidar para não sobrepesar todos os episódios com tais acontecimentos, para que não se torne absurdo crer no que estamos acompanhado. O que sempre disse é que tanto The Walking Dead como Fear tinham grande prestígio social justamente por manterem os pés no chão, fazendo com que a audiência mesmo dentro da ficção zumbi se encontrasse como ser humano, vendo cenas possíveis de acontecer em uma realidade. Então, se Fear continuar insistentemente a abusar da criatividade do não crível, tirará do público a identificação com os personagens e gerará um risco de desinteresse.

Charlie parece mais inteligente que os adultos.

Enfim, embora a gama enorme de críticas, Fear ao menos está dando a volta por cima e conseguindo se organizar com os vários nichos de enredo que criou. A trama ainda não se mostra potencialmente atrativa, mas ao mesmo tempo parece querer construir algo para a segunda parte da temporada que contrastará perfeitamente com o clima de calmaria dos oito primeiros episódios. Espero ter paciência o suficiente para aguentar Morgan até o fim – respiro fundo quando me lembro da cena em que ele corre na frente de Alicia para matar o zumbi, mais uma vez a inutilizando.

E você? O que achou do episódio The Little Prince? Tem uma opinião diferente? Concorda? Comente abaixo e vote na nossa enquete.

Continue lendo
Publicidade
Comentários

Destaque

Fear the Walking Dead é renovada para a 7ª temporada

O anúncio da 7ª temporada de Fear the Walking Dead foi feito através de um teaser divulgado nas redes sociais oficiais da série.

Publicado há

em

morgan armado em imagem da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Fear the Walking Dead foi renovada para sua 7ª temporada pela AMC. O anúncio foi feito através de um teaser divulgado nas redes sociais oficiais. A série de zumbi está atualmente na metade da 6ª temporada, que está em hiatos, tendo transmitido seu episódio final em novembro, um episódio a menos de sua meia temporada de 8 episódios originalmente planejada devido aos atrasos enfrentados na produção por causa da pandemia do Coronavírus.

A nova temporada começará sua produção em 2021 e provavelmente irá ao ar no final de 2021 ou no início de 2022. Nenhuma data oficial foi confirmada, nem para produção ou lançamento. Ainda existem 9 episódios restantes da 6ª temporada, que voltarão a ser exibidos no início do próximo ano.



O produtor executivo e diretor de conteúdo Scott M. Gimple falou sobre os próximos episódios de FTWD:

“Só vou dizer que o S06E08 é um grande episódio, apenas as ramificações, a emoção, a intensidade disso…”, comentou Gimple. “Eu sei por que não o fizemos. Foi por causa de… Mas acabei de ver o corte totalmente acabado, tudo o que podíamos juntar, e mal posso esperar que as pessoas vejam. É um episódio muito, muito bom. E há algumas sequências ali nas quais ainda penso, que eu sabia que estavam na página. Tínhamos conversado sobre eles.”

LEIA TAMBÉM:
Produtor revela se veremos Rick Grimes em The Walking Dead: World Beyond

Fear the Walking Dead é estrelado por Alycia Debnam-Carey, Colman Domingo e Ruben Blades em sua primeira temporada. Durante as recentes temporadas, os veteranos de The Walking Dead, Lennie James, Austin Amelio e Christine Evangelista se juntaram a série como parte de histórias cruzadas. Maggie Grace, Danay Garcia, Garret Dillahunt, Jenna Elfman, Alexa Nisenson e Colbie Minifie também desempenham papéis importantes na série muitas vezes dirigida por Michael Satrazemis e Michael Cudlitz, junto com Domingo e James.

Para os fãs que esperam ver Kim Dickens retornar ao seu papel como Madison – que foi dada como morta na 4ª temporada de Fear the Walking Dead – Gimple os incentiva a “manter a esperança viva”, já que as conversas parecem estar acontecendo nos bastidores.

“Existem várias questões [dos fãs] sobre Madison,” Gimple admite “E é realmente verdade que estamos chutando muitas coisas, não apenas dentro de… Conversamos sobre FTWD. Tivemos conversas sobre Tales of the Walking Dead, e até mesmo dentro The Walking Dead. Existem todos os tipos de possibilidades. Investigamos muito esse passado nas histórias, especialmente em Tales of the Walking Dead. Então, se tudo acontecesse, seria incrível, mas há algumas coisas flutuando ao redor que são realmente incríveis.”

Continue lendo

Destaque

Novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead (LEGENDADO)

O novo trailer da sexta temporada de Fear the Walking Dead foi divulgado na San Diego Comic-Con, confira as novas cenas legendadas.

Publicado há

em

AMC divulgou um novo trailer da 6ª temporada de Fear the Walking Dead, hoje, no seu painel na San Diego Comic-Con @ At Home.

As novas cenas da sexta temporada mostram Morgan Jones tentando sobreviver, porém pode não ser por muito tempo, já que ele está sendo caçado.

O trailer também veio para mostrar que os primeiros episódios da volta de Fear The Walking Dead já foram gravados antes que a produção precisasse parar.

“Acho que estamos realmente empolgados na 6ª temporada, porque todo mundo se separou e já ouvimos Ginny mencionar o fato de que ela tem alguns assentamentos sob seu controle. Ela é como um colonizador”, o showrunner Andrew Chambliss disse anteriormente à Entertainment Weekly“Ela é como alguém que franquia esses assentamentos e entra e conserta as coisas e então toma o controle. Mas isso significa que vamos ver muitos lugares diferentes e ter muitos sabores diferentes e seremos capazes de mergulhar realmente profundamente com nossos personagens.”

Além de Andrew, Ian Goldberg também revelou que essa será uma temporada mais sombria e misteriosa, com um foco na vida dos personagens e o que está acontecendo com eles nas comunidades da Virginia.

LEIA TAMBÉM:
REVELADA A DATA DE ESTREIA DA 6ª TEMPORADA DE FEAR THE WALKING DEAD

O produtor executivo, Scott Gimple disse que a estrutura da série irá “mudar um pouquinho”.

A 6ª temporada de Fear the Walking Dead estreia dia 11 de Outubro, mas ainda não se sabe quando a série poderá voltar a ser gravada por conta da pandemia.


Legendas por: Letícia Paulini / Equipe Fear the Walking Dead Brasil

Continue lendo

Destaque

Revelada a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead

Confira a data de estreia da 6ª temporada de Fear the Walking Dead nos EUA. A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada.

Publicado há

em

A AMC anunciou na Comic-Con @ Home que a 6ª temporada de Fear the Walking Dead vai estrear na noite de 11 de outubro de 2020.

A sexta temporada de Fear the Walking Dead explora o que aconteceu com a família improvável, unida pela missão de ajudar os necessitados. Depois de serem separados por Virgínia e os Pioneiros, o grupo agora está espalhado ao longo das comunidades.

A última mensagem de Morgan (James) ao final da quinta temporada foi um apelo para que o grupo “apenas sobreviva” e, nessa temporada, nós vamos ver o que isso significa para cada um deles. Alguns vão achar intrigante a estabilidade e oportunidade dentro das comunidades de Virginia, outros vão afundar na escuridão, enquanto outros vão lutar contra o que lhes foi imposto. A vida atrás das paredes de Virginia vai testar cada um deles de maneiras diferentes, forçando-os a definir quem eles são neste novo mundo.

A data de estreia no Brasil ainda não foi divulgada. Desde a segunda metade da quarta temporada, o AMC Brasil optou por exibir a série em datas diferentes dos EUA. Na 5ª temporada, eles começaram a exibir a série após 3 episódios já terem sido lançados em solo americano. Não sabemos se isso será mantido ou se eles voltarão a exibir a série simultaneamente.

Ansiosos pelo retorno de Fear the Walking Dead? O que você gostaria de ver na sexta temporada? Quais são suas expectativas? Deixe todos os seus pensamentos nos comentários abaixo!

Continue lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade

EM ALTA