Atenção! Este conteúdo contém SPOILERS do segundo episódio, S02E02 – “We All Fall Down” (Todos nós caímos), da segunda temporada de Fear the Walking Dead. Caso ainda não tenha assistido, não continue. Você foi avisado!

Depois de começar a segunda temporada com um bom episódio, Fear the Walking Dead realmente escalou as coisas com um ótimo segundo episódio intitulado “We all fall down” (Todos nós caímos).

Depois de atracar na ilha Catrina para despistar o barco que os perseguia em alta velocidade no primeiro episódio, o grupo conhece a família Geary. A família Geary, com sua atitude de sobrevivência, são um choque ao sistema para alguns membros do grupo, ainda que Chris tenha pego rapidamente as dicas sobre como matar zumbis com o filho mais velho, Seth. Enquanto isso, Daniel fica a bordo e encontra alguns mapas interessantes que pertencem a Strand, e nós descobrimos que o homem misterioso tem planos de se encontrar com alguém em breve. Quando o episódio acaba, as realidades desse novo mundo ficaram ainda mais aparentes para o grupo, e sem dúvida alguns deles sentiram sua humanidade escapar ainda mais. Ah, eles serão a versão 2.0 do grupo de Rick mais cedo do que imaginam!

Mas chega de repetir a trama inteira do episódio! Você conhece o procedimento: dê uma olhada nas cinco coisas que você pode ter perdido no segundo episódio de Fear the Walking Dead, “We all fall down”.

1. Nós descobrimos quanto do país foi torrado

fear-the-walking-dead-s02e02-we-all-fall-down-curiosidades-001

Graças a The Walking Dead, nós sabemos que a essa altura do apocalipse Atlanta já foi bombardeada com napalm, assim como a Califórnia. No entanto, no segundo episódio o escopo de quanto do país já caiu ficou mais claro para o nosso grupo.

Depois que Nick recuperou o registro do barco semana passada, “We all fall down” revelou que San Diego já foi queimada até o chão pelos militares. Mais tarde, George Geary disse a Travis que os militares estavam usando napalm por toda a costa oeste para destruir cidades, incluindo Portland, Seattle e Vancouver. George também disse a Travis que a fronteira com o México havia sido fechada e bloqueada. Também falou que, pelo que ele sabia, o interior do país não estava melhor do que as costas, e era provável que todo o país a oeste da Divisória Continental tivesse caído.

2. Tivemos algumas boas dicas sobre a linha do tempo do apocalipse

fear-the-walking-dead-s02e02-we-all-fall-down-curiosidades-002

É fácil esquecer, mas Fear the Walking Dead se passa em 2010, que é quando The Walking Dead começou e, portanto, quando o apocalipse zumbi teve início. Alguns fãs apontaram algumas dicas que foram dadas no episódio sobre essa linha do tempo.

Primeiro, nós vimos Harry ensinando Nick a jogar um jogo no que parece ser seu PSP-2000, um console que foi lançado nos EUA em 2006. Depois, nós ouvimos Alicia escutando “Coxcomb Red”, de Songs: Ohia usando os fones de seu iPhone. Mantendo-se fiel à linha do tempo, Alicia estava usando os fones Apple que tinham um controle e microfone. Esse era o design que acompanhava o iPhone 3GS, 4 (que Alicia tem) e 4S antes da Apple trocar pelo modelo EarPod em 2012 para o iPhone 5.

3. O tão aguardado retorno de uma criança zumbi

fear-the-walking-dead-s02e02-we-all-fall-down-curiosidades-003

Eu sei, eu sei, nenhum de vocês sentiu falta dessa, mas o que vocês talvez não tenham se dado conta foi quanto tempo se passou desde a última vez que realmente vimos uma criança zumbi.

A morte e reanimação de Willa no segundo episódio foram particularmente brutais considerando que ela comeu a própria mãe, mas também o fato de que crianças zumbis são usadas tão raramente no universo The Walking Dead tornou essa cena tão poderosa. A última vez que vimos uma criança zumbi foi no episódio 9 da sexta temporada de The Walking Dead, quando Sam viu um menino rapidamente antes de surtar e ser devorado vivo. Antes disso, o mais perto que chegamos foi no episódio 9 da quinta temporada, quando Tyreese é mordido por um dos irmãos de Noah (Tyler James Williams).

No entanto, em termos de ver crianças zumbis com as quais a audiência tinha algum tipo de conexão, a última vez foi na terceira temporada com a já zumbificada Penny (filha do Governador), e antes disso foi a filha de Carol, Sophia, no episódio 7 da segunda temporada. Também houve Summer, a primeira zumbi que vimos na tela, no primeiro episódio da primeira temporada.

4. Semelhanças tristes com The Walking Dead

fear-the-walking-dead-s02e02-we-all-fall-down-curiosidades-004

A cena mais desoladora em “We all fall down” deve ter sido quando Seth é forçado a atirar em sua mãe zumbificada, enquanto seu irmão mais novo acena em adeus para o grupo no barco. Este momento foi triste para qualquer espectador, mas para fãs de The Walking Dead isso certamente lembrou o momento “olhe para as flores” entre Carol e Lizzie na quarta temporada.

Os paralelos entre essas duas cenas continuam o tema dos personagens de The Walking Dead e Fear the Walking Dead compartilharem sentimentos semelhantes. Por exemplo, no primeiro episódio, depois da morte de Liza, Madison disse a Chris: “…e isso não passa. A dor continua.” Isso foi parecido com Andrea dizendo a Beth “a dor não vai embora, você só abre espaço para ela”, depois da morte de sua mãe, Annette, na segunda temporada de The Walking Dead.

5. A série é sobre famílias, mas qual é o tipo de família que Strand tem?

fear-the-walking-dead-s02e02-we-all-fall-down-curiosidades-005

Fear the Walking Dead é uma série sobre famílias. No grupo principal nós temos o clã misto Clark-Manawa-Ortiz além da família Salazar, sem mencionar que neste episódio nós conhecemos a família Geary. Então, parece um pouco estranho que, no meio de todas essas unidades familiares, nós tenhamos o solitário Strand.

Apesar de compartilhar sua casa, barco e suprimentos com o grupo, Strand ainda não revelou de fato nenhuma informação pessoal. É ainda mais estranho o fato de que parece não haver nenhum objeto pessoal, como fotos, no barco para dar qualquer informação. No entanto, neste episódio foi finalmente revelado que Strand tem de fato “pessoas” quando vimos seus mapas do México, e ouvimos ele conversando com uma pessoa misteriosa por um telefone via satélite. Mas enquanto você pode deduzir que Strand está tentando chegar no México para se reencontrar com sua família, a internet tem outra teoria: Strand pode estar envolvido com A Família, ao invés de uma família. Isso mesmo, existem muitas teorias flutuando por aí de que Strand poderia ser um traficante para um cartel mexicano. Isso explicaria por que ele está tentando chegar a Baja, para que possa se esconder em um complexo onde estará seguro ou negociar com o cartel por armas. Isso também explicaria por que Strand se afeiçoou instantaneamente por Nick e soube que ele seria útil ao invés de um obstáculo.

Qual foi a sua parte favorita do episódio? Notou mais alguma coisa bacana? Deixe tudo nos comentários abaixo.

Fiquem ligados aqui no FEAR the Walking Dead Br e em nossas redes sociais @FearWalkingDead (twitter) e FEAR the Walking Dead Brasil (facebook) para ficar por dentro de tudo que rola no universo de Fear the Walking Dead.


Fonte: Movie Pilot


Comentários

  • **

    Essa cena da menina zumbi e a outra do garoto atirando na mãe foi, na minha opinião, uma tosquice!!! podiam ter feito dessas umas das melhores cenas da série… ficou parecendo cena daqueles filmes toscos do Syfy

    • Danilo Barion de Oliveira

      O cg estragou a cena final, (não curto os cg’s de TWD e FTWD) e a cena da criança ficou estranha mesmo…

  • Junior Cotovicz

    Eu assisti todos os episódios. A série está com mtos buracos, é claro, mas algo que realmente não fez sentido para mim foram os zumbis saírem do mar e virem em direção à terra. Sabemos que o barulho atrai os zumbis, dessa forma o barulho das ondas deveria atraí-los. Para mim foi um erro mto grave e que mudaria mto na dinâmica da série.

    • Willian Balduino

      foi a correnteza que os levou

      • Junior Cotovicz

        SIm, a corrente. Mas os zumbis são atraídos pelo barulho… não deveriam sair em direção à terra…

        • Núbia Vieira

          Mas como as ondas os levam pra parte rasa, eles tendem a se levantar e andar. O barulho do mar não deve influenciar, já que é contínuo.

          • Junior Cotovicz

            Eu não sei. Tenho minhas duvidas. Em TWD uma buzina de caminhão contínua atraiu eles. Não importa se o barulho é contínuo. A não ser que tenham algum resquício de visão. N sei…

          • Rafael Trizóglio Domingues Are

            mas vc tem que ver que o barulho do mar esta no ambiente, e vem de todas as direções, e não de apenas uma igual a buzina.